• Desporto
  • Animação de Verão na vila das Taipas, na Praça Dr. João Antunes Guimarães, com o projecto POP ROCK SOUL de Zé Miguel, David Viegas e Pedro Gonçalves de Oliveira.
  • Eco Fest Curviã Music até domingo junto à praia fluvial de Airão Santa Maria.

Fermentões inicia campeonato com o ...

Sérvio Dragisa reforça Vitória

Ola John chega a Guimarães no ...

Guimarães Digital

Palatsi voltou a sofrer golos: “Falhamos na finalização”

Depois de ver quebrada a invencibilidade que durava há cinco jogos, Palatsi explicou os motivos da derrota na Estádio da Luz. “Falhamos na finalização. Na primeira parte, o Benfica foi muito eficaz, quase 100%. Rematou três vezes à nossa baliza e marcou três golos. A segunda parte pertenceu toda ao Vitória, que foi melhor que o Benfica. Estivemos com maior tempo de posse de bola e fomos para cima do nosso adversário, que acusou algum cansaço fruto do jogo que havia disputado para a Taça Uefa.” O guarda-redes ficou com a ideia de que o Vitória “podia ter conquistado mais qualquer coisa. Mas no futebol o mais importante é marcar golos. O Benfica foi mais forte na finalização e acabou por vencer. Pagamos pela ineficácia atacante”, finalizou.

Nuno Assis marcou ao Vitória
“Sensação diferente”

Antigo ídolo em Guimarães, Nuno Assis acabou por marcar um golo que contra a sua ex-equipa. O avançado do Benfica apontou o segundo tento, que viria a revelar-se importante para a conquista dos três pontos. Uma ‘traição’ que Nuno Assis revelou ser “diferente. Passei três anos e meio naquele magnífico clube. É bom marcar em qualquer jogo e neste não fugiu à regra, apesar de ter passado bons tempos em Guimarães.”

Marcações: Desporto

Imprimir Email