Convívios Internacionais de Música de Guimarães prometem "grande inovação cultural"

Guimarães vai acolher em Julho o evento «Convívios Internacionais de Música de Guimarães», numa organização da Associação Convívio.
Na conferência de imprensa de apresentação dos Convívios, realizada na passada segunda-feira, o Presidente do Convívio falou de um evento com "tripla vertente". Com efeito, o certame é composto por Masterclasses de Violino, Concurso Internacional de Violino e Concertos oferecidos à Cidade, sublinhou César Machado.

Os Convívios Internacionais de Música de Guimarães vão decorrer de 21 a 24 de Julho. O concurso terá um júri internacional, constituído por nomes prestigiados como a japonesa Yasuko Miyauchi que também orientará masterclasses, o maestro australiano Jacky Wong que actuará num concerto com o pianista eslovaco Gareth Pivka, para além da violinista Filipa Abreu e do violinista Eliseu Silva que também assume a direcção artística do evento.
Eliseu Silva destacou que o vencedor do concurso terá acesso directo à final dos prestigiados Concursos Internacionais de Hong Kong, para além de poder tocar a solo com orquestras dos Estados Unidos e China e beneficiar de uma bolsa de estudo.
O concurso consagra ainda um prémio especial para alunos de Guimarães e para o melhor intérprete de música portuguesa.

Os Convívios Internacionais de Música de Guimarães terão o apoio do Paço dos Duques de Bragança, onde se realizarão os concertos e da Câmara Municipal.
A vereadora da Cultura, Adelina Pinto, considera que o apoio Municipal resulta de uma postura "coerente". Ou seja, numa aposta que relaciona a "educação e cultura enquanto forma de abrir horizontes". Para além disso, a iniciativa promove ainda a internacionalização numa perspectiva de afirmação de Guimarães de "diversidade cultural" e a abertura dos espaços públicos à Cidade e às associações".

Os Convívios Internacionais de Música de Guimarães estão orçados em 20 mil euros e têm uma comparticipação Municipal de três mil euros.

Imprimir Email