VÍDEO: Júlio Mendes e Peseiro acusam árbitro Luís Ferreira de dualidade de critérios

O Presidente do Vitória criticou o trabalho do árbitro do Feirense - Vitória. Na opinião de Júlio Mendes, o juiz teve "dualidade de critérios". A crítica foi motivada pela sdecisão de Luís Ferreira de anular um golo a Pedro Henriques, aos 44 minutos, por mão de Rafael Maritns que assistiu o central do Vitória e ter deixado passar em claro um mão de um jogador do Feirense, no interior da área da equipa da casa, aos 75 mintuos.

As críticas já se tinham feito ouvir de José Peseiro que falou em "impressionante dualidade de critérios" por parte de alguém que ignorou que havia duas equipas que pretendiam ganhar.

O Presidente do Vitória lamentou que, mais uma vez, o Vitória tivesse sido prejudicado por decisões de arbitragem e prometeu protestar junto dos organismos competentes. Júlio Mendes não tem dúvidas de que a derrota deste sábado em Vila da Feira acabou com o sonho do 5º lugar. Um desiderato que não é alcançado, também por culpa de arbitragens que, esta temporada, prejudicaram o Vitória.

 

Marcações: julio mendes, Conselho de Arbitragem, Luís Ferreira

Imprimir Email