Curtas
«Memento - Raimundo Fernandes, um coleccionador de Guimarães», Casa da Memória. Até 4 de Março.
Facebook Twitter Google + YouTube
Carlota precisa de 35 mil euros  para tratamento com células-tronco na Tailândia

Carlota precisa de 35 mil euros para tratamento com células-tronco na Tailândia

Sociedade21 de Fevereiro, 2017 17:40

A viagem com fins terapêuticos está programada para o próximo dia 15 de Março e nela está depositada a esperança de conseguir melhorar a qualidade de vida da Carlota. O destino é a Tailândia, mais precisamente o Better Being Hospital, em Banguecoque, a capital daquele país asiático.

A menina de quatro anos residente em Vila Nova de Sande sofreu um AVC "intra-uterino que não foi detectado à nascença, deixando-a com uma hemiparésia que paralisou mais o lado direito, embora o lado esquerdo também tenha sequelas", conta a mãe, Sónia Silva, ao justificar a campanha de angariação de fundos que lançou através da rede social facebook e que está na base de iniciativas solidárias que estão a decorrer para conseguir reunir os 35 mil euros necessários para o tratamento, viagens e alojamento durante cerca de um mês.

A terapia inovadora através de células-tronco, explica a mãe da Carlota, "consiste na introdução do organismo da menina de seis bolsas com 60 milhões de células-tronco, e que podem trazer uma nova vida à menina". "Não temos garantias porque cada organismo reage de forma diferente, porque não sabemos onde é que as células se vão alojar", salvaguarda Sónia Silva, indicando que a terapêutica será complementada com um tratamento continuado, diário e intensivo, das 9h00 às 17h00. "O sucesso desta terapia inovadora será obtido consoante o organismo de cada criança ou adulto porque há adultos a fazerem este tipo de tratamentos", adverte, ao assinalar que já recebeu a carta de aceitação da equipa médica do hospital tailandês.

"Dizem-nos que a Carlota foi aceite porque tem uma grande probabilidade de recuperar da hemiparésia", informa a mãe, esperançada no êxito do tratamento. Até ao nascimento da filha, Sónia Silva era assistente operacional no Hospital de Guimarães. Deixou de trabalhar para acompanhar a menina nos tratamentos e no acompanhamento que recebe na Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães. "Quero dar uma melhor qualidade de vida à Carlota, como qualquer mãe. Temos uma grande esperança porque há casos reais que nos animam. Em 2015, tive conhecimento do tratamento pela internet, mas agora conhecemos pessoas que já o fizeram, nomeadamente um menino de 7 anos, da Maia, que tem registado melhorias muito animadoras", declarou.

No sentido de reunir os 35 mil euros, estão a decorrer várias iniciativas solidárias. No passado domingo, a família da Carlota esteve nas Taipas, numa iniciativa da Organização Carnavalesca das Taipas, onde reuniu cerca de 700 euros. No próximo sábado, a partir das 18h00, realiza-se uma Festa da Francesinha no Centro Social de Vila Nova de Sande. "Precisamos de reunir o dinheiro, o máximo até ao dia 11 de Março. É uma verba muito grande para conseguir durante tão pouco tempo", observou, mostrando-se confiante que o objectivo será atingido.

 

Iban indicado pela mãe da Carlota: PT50003502710001820380026 

Vídeos recentesver tudo

Rádio Santiago em Direto

Cantinho do Puff

Farmácias de Serviço

Guimarães

Farmácia Avenida (Permanente)
Av. D. João IV, 585 r/c

Vizela

Farmácia São Miguel (Disponibilidade)
Rua Dr. Abílio Torres, 442

As nossas publicações

Desenvolvido por 1000 Empresas

Contactos

Edifício Santiago
Rua Dr. José Sampaio n.º 264
4810-275 Guimarães
Tel.: 253 421 700
Email: geral@guimaraesdigital.com