Francisco Faure: arqueólogo da CM garante "Nunca encontrei tesouros nem moedas"

Francisco Faure é um nome invulgar para alguém que também tem uma profissão pouco comum.

Ele é o arqueólogo da Câmara Municipal de Guimarães e garante que esta é uma excelente cidade para desenvolver e aplicar os conhecimentos da sua formação.

A Cidade-Berço é rica em história e antepassados, logo torna-se apetecível aos olhos de qualquer profissional de arqueologia. Esta é uma ciência que estuda as culturas e os estilos de vida do passado a partir da análise de vestígios materiais. É uma profissão de vários encantos e capaz de descobrir com mais exactidão os nossos antepassados.

Francisco Faure tem 42 anos, é natural de Lisboa e casado há sete anos com uma bióloga peruana de seu nome Pamela Faure de 33. Desengane-se quem pensa que este casal se conheceu de forma convencional, até porque a distância que os separava não permitiria. 

Saiba tudo acerca da vida pessoal e profissional do arqueólogo da Câmara Municipal de Guimarães na edição de Novembro da revista do Grupo Santiago!

em Bigger

Marcações: Bigger

Imprimir