Leandro Alves é um oboísta vimaranense com projecção internacional

 

O gosto pela música clássica não é unânime, mas é certo que é este o estilo escolhido para as festas de elite. Uma sonoridade com um ritmo calmo que entretém os mais eruditos. É este género que Leandro Alves mais aprecia e, por isso, se tornou oboísta. No entanto, também é Maestro e o seu talento foi reconhecido além fronteiras.
Tem 35 anos e vive actualmente em Condeixa-a-Nova. Fez a sua licenciatura em Música via ensino, e é professor.
Diz-se uma pessoa calma e de gostos simples. Aprecia passar tempo com a família e os amigos. Considera-se humildemente ambicioso, algo teimoso e trabalhador. Gosta do que faz. Adora ser pai! Chateia-o o cinismo da política.
Quanto à música entrou na sua vida aos 12 anos, por vontade do pai e nenhuma sua. Confessa que não queria aprender música e nem sequer gostava de música clássica, mas também por insistência do irmão mais velho que o obrigou a sentar-se no sofá e ouvir o Concerto Nº1 para Piano e Orquestra de Pitr Ilich Tchaikovsky, a sua opinião mudou.

Agora anda pelo mundo e o seu talento já foi reconhecido inúmeras vezes. Leia a entrevista na BIGGERmagazine de Junho!

 

em Bigger

Marcações: músico, Leandro Alves, oboísta

Imprimir