BIGGERmagazine de Maio em versão digital

 

 

A BIGGERmagazine iniciou uma rubrica online intitulada «Tudo Vai Ficar Bem», através da plataforma Guimarães Digital, que tem como objectivo partilhar consigo a forma como aqueles que preencheram as páginas da revista, ao longo destes 11 anos, têm passado este período de distanciamento social, devido ao surto epidémico COVID-19 que já chegou a 184 países, assumindo o estatuto de pandemia.

Alguns dos protagonistas das 133 edições que saíram para as bancas, não hesitaram em aceitar o desafio lançado por nós. Foram distinguidos ou destacaram-se nas mais variadas áreas: Cultura, Desporto, Política, Empresarial...
Se quiser conhecer o rosto de quem aceitou juntar-se a esta iniciativa pode aceder a guimaraesdigital.com e saber quem são.
Eu identifiquei-me com muitos dos testemunhos, e acredito que o leitor também irá identificar-se. Partilham mensagens emotivas e de esperança que nos dão ânimo para continuar a combater este inimigo invisível.
No seguimento desta mesma rubrica, decidi espelhar o que eu e os meus colegas sentimos, por também estarmos a trabalhar a partir de casa. Nesta edição vão poder ler os nossos testemunhos e imagens ilustrativas desses momentos.

O Provedor da Santa Casa da Misericórdia, Eduardo Leite, faz-nos um balanço de como se vivem estes dias de isolamento nos lares e infantários ao abrigo da instituição.

Falamos com o distribuidor de pão, António Cardoso, que também está na linha da frente, para que não falte este bem essencial na mesa dos vimaranenses e não só...

A academia de ginástica Guimagym lançou iniciativas online para manter os seus atletas no activo e outras abertas à comunidade.

Alberta Gomes Alves é sócia-gerente da Agência de Viagens Gomes Alves, a mais antiga de Guimarães, e explicou que os números não são nada animadores para este sector. No entanto, desistir não é opção!

Sara Costa e Marco Ribeiro compuseram uma canção alusiva a este momento verdadeiramente histórico que estamos a atravessar. Falamos com eles e acreditamos que a música pode ajudar a atravessar momentos menos positivos.

Paula Oliveira, é vereadora e, ainda que por delegação do Presidente da Câmara, é o rosto da Acção Social do Município de Guimarães. Fizemos questão de falar com ela nesta altura em que os mais vulneráveis podiam ficar ainda mais fragilizados.

Marta Joana Alves é uma vimaranense infectada com o COVID-19 e quis deixar o seu testemunho.

Pode aceder a esta edição no link abaixo:

https://www.calameo.com/read/0038644236bcf521d705d 

 


Marcações: 2020 , Maio, revista

Imprimir Email