PUB: Auchan comemora primeiro ano do Bom, do São e do Local

 

A Auchan comemora um ano do movimento do Bom, do São e do Local, altura em que também a marca Auchan foi lançada enquanto insígnia única de todas as suas lojas.

Para assinalar estes 12 meses a Auchan ofereceu ao Grupo Santiago um cabaz recheado de produtos alimentares, para que pudéssemos testar a qualidade dos mesmos. Porém, a administração e os colaboradores da empresa, fizeram questão de entregar o cabaz à Refood numa acção de solidariedade com os mais carenciados.

Voltando à Auchan e à comemoração deste lema adotado pelo grupo, só neste último ano, a empresa traduziu a sua militância através da aposta na produção local, com mais de sete mil toneladas de produtos frescos comprados a fornecedores locais, da doação de mais de 2 milhões de quilómetros de produtos alimentares, do lançamento de postos de carregamento elétricos e da distribuição de 14 milhões de euros pelos colaboradores.

Paralelamente, a Auchan fortaleceu a sua relação com os produtores locais, com quem já trabalha há mais de 25 anos. Assim, entre setembro de 2019 e agosto de 2020, foram comprados 7.325 toneladas de produtos frescos a fornecedores locais,
o que representa um crescimento de mais de 20% face ao ano anterior. A maioria dos
produtos frescos à venda nas lojas são portugueses e cerca de 90% das compras são feitas a fornecedores nacionais.

Enquanto marca militante, a temática do ambiente e da sustentabilidade é, também, uma das grandes preocupações da empresa que, actualmente, é a única da distribuição em Portugal certificada em responsabilidade social e que conta com 12 lojas com certificação ambiental.

Este ano, a Auchan ganhou ainda mais terreno nesta área com a disponibilização faseada de 39 postos para carregamento de veículos elétricos aos clientes, em parceria com a Helexia (operador de mobilidade elétrica), e com a progressiva eliminação da loiça descartável e palhinhas de plástico das cafetarias.

Ainda nesta temática, a redução do desperdício é um compromisso da Auchan que procura sempre novas soluções que combinem a prevenção de desperdícios alimentares com a conveniência do melhor preço para o consumidor, sem prejuízo da qualidade dos produtos.

Alguns exemplos são a venda do bolo de banana vegan, que é feito com as bananas demasiado maduras da loja - do qual já se vendeu em dois meses 818 quilos, aproveitando 252 quilos de bananas, a venda de pão do dia anterior, para culinária, com desconto, bem como de pão ralado, feito com pão com mais de dois dias - que já evitou o desperdício de 15.880 quilos de pão, disponibilização de produtos em aproximação do fim de validade a preços mais acessíveis, venda de produtos avulso, mais de 600 referências de produtos das quais 67 são artigos bio e a parceria com a Too Good to Go.

Destaque, também, para o apoio a várias entidades – por exemplo a Refood e a Dar i Acordar – que servem de intermediários com as associações, sendo facilitadores nestas doações de produtos em aproximação de fim de validade. De salientar que no ano 2019, foram doadas cerca de 2,3 milhões quilos de produtos alimentares, num total de mais de 2,3 milhões de euros.

No que diz respeito à inovação e à adoção de novas tecnologias, a Auchan desenvolveu vários projectos ao longo do último ano, como a colocação à venda, em todas as lojas, dos primeiros produtos alimentares com recurso à tecnologia blockchain (alface, melão e melancia), que permite ao consumidor aceder a todo o percurso de vida de um artigo, desde a terra até ao prato; e o desenvolvimento, em parceria com a Trax, de um robot autónomo, pioneiro em Portugal, para identificar rupturas de stock e detectar problemas com a etiquetagem de preços dos produtos nas prateleiras, que se encontra em fase de teste na Auchan Alfragide.

Mais recentemente, a Auchan melhorou a sua aposta e resposta em serviços para simplificar a vida das pessoas. Exemplo disso, foi a capacidade de resposta nos serviços online e digitais no início da pandemia da Covid-19, onde, num espaço de duas semanas, o site chegou a ter um milhão de visitas. A par disto, outras ferramentas digitais foram cruciais para garantir a qualidade dos serviços aos consumidores como o self-checkout e self-scanning, a App Auchan, o Serviço Drive – entrega do serviço de compras no parque de estacionamento das lojas - e a parceria com a Glovo.

Por outro lado, a empresa distribuiu um total de 14 milhões de euros aos colaboradores durante 2020, incluindo um bónus, durante a pandemia, como forma de reconhecimento, correspondente a 20% do seu ordenado total de Março, e a distribuição de lucros líquidos pelos colaboradores.

Este ano o movimento do Bom, do São e do Local não passou despercebido aos portugueses, tendo a marca sido eleita Superbrand. Uma Superbrand é definida pelo reconhecimento da marca junto dos consumidores e de especialistas das áreas da comunicação e marketing, num rigoroso processo de seleção que elegeu a Auchan como uma Marca De Excelência.

 


Marcações: Auchan, bom sao e local

Imprimir Email