Carlos Carneiro em família: o Natal de um dos melhores andebolistas nacionais

 

Muitos dirão que foi sorte, outros tantos, os que o conhecem, sabem que foi fruto de muito trabalho. Sempre que pegava na bola o adversário tremia. Em campo era temido, porque lhe reconheciam muitas qualidades.
Natural de Guimarães, Carlos Carneiro é uma referência do andebol nacional tendo iniciado a sua formação no Vitória e Desportivo Francisco de Holanda, passando ainda pelo ABC, Boavista, AC Fafe, Madeira SAD, Benfica e Sporting. O antigo internacional português conta com uma Taça EHF Challenge, cinco Campeonatos, duas Taças de Portugal, duas Supertaças portuguesas, duas Taças Presidente da República, uma Taça da Liga portuguesa, dois campeonatos da I Divisão de juniores e um da I Divisão de juvenis no seu currículo.
Uma lesão ditou o fim da carreira que já estava prestar a terminar. Não foi fácil. Afinal foram 20 anos dedicados a uma modalidade.

Tinha nove anos quando se juntou a alguns amigos que já competiam. Ali soube que nasceu para o andebol.
Sucederam-se várias conquistas que só foram possíveis com muito sacrifício. Uma carreira repleta de troféus. Uma escolha acertada que lhe permitiu uma vida longe de problemas. Cresceu num bairro complicado. Confessa que muitos dos que cresceram com ele optaram pelo caminho errado e admite que se não fosse o andebol, o seu futuro poderia não ter sido brilhante...

Saiba como vai ser o Natal de Carlos Carneiro na BIGGERmagazine de Dezembro! 


Marcações: andebol, Carlos Carneiro

Imprimir Email