Rubrica Bons Pais, Bons Filhos: Até que a Mediação nos una”

A separação ou divórcio implicam uma série de mudanças, desafios e ajustamentos na vida de pais e filhos, que podem gerar insegurança e ansiedade.
Casos há em que os pais se envolvem em lutas judiciais intermináveis sobre a regulação do exercício das responsabilidades parentais, ou que mantêm uma atitude de distanciamento quando não conseguem a guarda dos filhos.
Com o objectivo de tentar aproximar as partes em conflito, tendo em conta os interesses e as necessidades de todos os elementos da família, os pais podem recorrer à Mediação Familiar.
O Sistema de Mediação Familiar tem competência para mediar conflitos que possam surgir de casos de separação ou divórcio, da regulação, alteração ou incumprimento de responsabilidades parentais, entre outros.
A Mediação é possível quando as partes, de livre vontade, procuram alcançar um acordo que pacifique o conflito, contando com a presença de um Mediador para facilitar a comunicação / diálogo entre ambos.
Espere deste Mediador uma figura comprometida com a confidencialidade, neutralidade, imparcialidade, e que garante às partes uma total liberdade em todas as fases do processo.

Conheça as principais vantagens da Mediação Familiar:
- Permite resolver conflitos, divergências e ruturas familiares de forma mais rápida, em relação aos processos judiciais;
- Ajuda a encontrar soluções que permitam por fim aos conflitos;
- Custos reduzidos ou inexistentes.

É muito importante que as decisões dos Pais se reflitam no bem-estar dos filhos. Deixo-lhe algumas dicas:
- Manter contacto habitual com ambos os Pais, não quebrando as rotinas diárias;
- O divórcio não é culpa da criança e nem a mãe nem o pai a vão abandonar;
- Envolvimento conjunto na educação, cuidados e tomada de decisões relativamente ao futuro dos filhos;
- Estar atento à evolução na aprendizagem e comportamentos da criança/jovem;
- Manter como prioridade o respeito pelo bem-estar social e emocional dos filhos.

Para mais informações: https://justica.gov.pt/Servicos/Pedir-mediacao-familiar

Tiago Borges, Diretor Executivo do Centro Juvenil de S. José

 

Marcações: bons pais bons filhos

Imprimir Email