Estudo Antropológico das Festas Nicolinas é o destaque da Conferência “Em Concreto (2)”

A Conferência “Em Concreto (2)”, que se realiza nos dias 13 e 14 de Dezembro, terá como destaque a apresentação do Estudo Antropológico das Festas Nicolinas de Guimarães, por Jean-Yves Durand, do Centro em Rede de Investigação em Antropologia – UMinho.

A vereadora da cultura, Adelina Paula Pinto, quer abrir a discussão do estudo ao público vimaranense com a "projecção que merece" e mostra o desejo de continuar a "alimentar o património de Guimarães".

Depois de um primeiro “Em Concreto”, que teve lugar em Dezembro de 2016, Catarina Pereira, da Casa da Memória, espera que a segunda parte da conferência “Em Concreto" sirva de "reflexão".

“Em Concreto (2)” – Património Cultural Imaterial no Terreno Expetativas, Experiências, Perspetivas servirá para juntar funcionários de instituições culturais, decisores políticos, investigadores, participantes em iniciativas patrimoniais locais, e propor um esforço de reflexão e criatividade aplicadas a uma intervenção etnográfica centrada nas dinâmicas sociais e culturais contemporâneas, numa organização d'A Oficina e do Centro em Rede de Investigação em Antropologia – UMinho, em colaboração com o Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança (INET-md).

em Cultura

Marcações: Cultura, Festas Nicolinas, Estudo Antropológico

Imprimir