15 obras de arte da COSEC confiadas ao Museu de Alberto Sampaio

A Ministra da Cultura presidiu esta sexta-feira à cerimónia de assinatura do protocolo de depósito de obras de arte da colecção da COSEC - Companhia de Seguro de Créditos e posterior inauguração da exposição, no Museu de Alberto Sampaio.

A iniciativa decorre na sequência do protocolo de parceria, assinado no início de Abril, pela Direcção-Geral do Património Cultural e pela COSEC, ficando confiadas ao Museu 15 obras que integram o espólio daquela Instituição.

Durante a cerimónia, a governante sublinhou que o acordo resulta da estratégia do Ministério da Cultura para a promoção das diversas colecções artísticas e patrimoniais, existentes em Portugal e no estrangeiro, de carácter público e privado, depois do repto lançado às instituições que possuem importantes colecções de arte para as partilharem com um público mais alargado. "Estamos a diversificar as colecções dos museus e a alargar o público dos espaços museológicos, haverá uma rede maior de pessoas a sentir o impulso de vir ao Museu e a conhecerem obras de arte que estavam em gabinetes e, por isso, do conhecimento de um universo mais reduzido de pessoas", disse.  

O Museu de Alberto Sampaio fica enriquecido com mais cinco tapeçarias e nove pinturas de artistas portugueses do final do século XIX e do século XX. As tapeçarias são: 'Composição de 1951', de Maria Helena Vieira da Silva, 'Encontro de Astros', de Rogério Ribeiro, 'Este Astro', de Cruzeiro Seixas, 'Lisboa', de Carlos Botelho e 'Paisagem', de Menez.

Já as nove telas são 'Mucha', de Amadeo Souza Cardoso, 'Portrait7', de Ricardo da Cruz Filipe, 'Retrato', de Columbano Bordalo Pinheiro, 'Os Oleiros', de José Malhoa, 'Telhados de Lisboa', de Abel Manta, 'S. João no Porto', de Eduardo Viana, 'Les Preces', de Maria Helena Vieira da Silva, e duas peças sem título de Manuel d'Assunção e de Silva Porto.

Excerto do artigo que será publicado na íntegra na edição de 3 de julho do jornal O Comércio de Guimarães.

 

em Cultura

Marcações: Museu de Alberto Sampaio, Ministra da Cultura, COSEC

Imprimir