Manta marca o arranque do último quadrimestre d'A Oficina

A cooperativa «A Oficina» apresentou, esta terça-feira, a programação para os próximos quatro e últimos meses, com destaque para o 14º aniversário do Centro Cultural Vila Flor (CCVF).

Logo no primeiro fim de semana de Setembro, nos dias 6 e 7, está de regresso o festival Manta. A "rentrée d'A Oficina constroem-se entre as costas do Oceano Atlântico, de Portugal e aos EUA, com passagem pelo Brasil, num festival com entrada livre e que se realiza como já é hábito nos jardins do CCVF. 

O próximo destaque da programação está reservado para a semana seguinte, com o regresso da Companhia nacional de Bailado, no dia 14. No dia 17 está de parabéns o CCVF. Um momento que será assinalado com um espectáculo que junta Joana Gama, Luís Fernandes e Ensemble.

Ainda de regresso ao programa cultural está a BIG - Bienal Ilustração de Guimarães. A BIG volta a ocupar vários espaços d'A Oficina, de 12 de Outubro a 31 de Dezembro, com destaque para a exposição "As sete vidas do Senhor Silva".

A peça «OPUS« sobre ao Grande Auditório do CCVF no dia 12 de Outubro. A cargo de Christos Papadopoulos, este é o primeiro espectáculo apresentado no CCVF no âmbito da rede de dança emergente Aerowaves, que A Oficina passou a integrar este ano.

Na Loja Oficina vai estar em destaque o artesanato, como não podia deixar de ser, com várias exposições e oficinas, seguindo a ideia de um "atelier vivo e um centro de pensamento", segundo o director do Teatro Oficina, João Pedro Vaz.

O Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG) vai "ganhar vida" com uma exposição «Plant Revolution!», que volta a a pôr em evidência questões ecológicas e de sustentabilidade.

Um dos pontos altos da programação é o Guimarães Jazz, que decorre de 7 a 16 de Novembro. O festival contará com um programa integrador, segundo o director do festival Ivo Martins, que salienta a muita "música, história e pedagogia" presente. "É um programa sinuoso, com grandes artistas", disse.

O último grande destaque entra numa máquina do tempo. A Oficina regressa 25 anos no tempo para voltar a apresentar o seu primeiro espectáculo «A Grande Serpente», nos dia 13 e 14 de Dezembro, no CCVF.  

Há ainda Terra - Ciclos Músicas pelo Mundo, Cinema com sessões do Cineclube de Guimarães, Ponto de Fuga e muito mais numa programação para todos os gostos. 

em Cultura

Marcações: Cultura, A Oficina

Imprimir