“Guimarães, Cidade Natal” volta a dar luz à cidade

Espectáculos de rua, actividades para crianças, concertos de natal em igrejas, concertos de música no coreto do Jardim da Alameda, arruadas natalícias, teatro de rua e realização de espetáculo de som e luz, são algumas das novidades para a edição deste ano da  “Guimarães, Cidade Natal”.

O programa conta com várias iniciativas, entre os dias 01 de Dezembro e 05 de janeiro de 2020, assinalando ainda o 18º aniversário da inscrição do Centro Histórico de Guimarães na Lista do Património Cultural da UNESCO.

Segundo a organização, o Mercadinho de Natal, no jardim da Alameda, contará com mais de três dezenas de expositores, com animação e actividades para as crianças. As iluminações de rua serão ligadas a 24 de Novembro, com abertura oficial a 7 de Dezembro, num momento marcado por uma arruada e um espectáculo de Árvore de Natal. A celebração do 18º aniversário da inscrição do Centro Histórico de Guimarães na lista do Património Cultural da UNESCO assinala-se com actividades nos dias 13 e 14 de Dezembro. O destaque na Passagem de Ano vai para o palco no Largo da Misericórdia em substituição da Plataforma das Artes, mantendo-se a tradição dos últimos anos quanto à animação.

Na apresentação da iniciativa, esta segunda-feira, no Café Milenário, Paulo Lopes Silva, adjunto da Vereadora da Cultura, destacou a parceria com a Bienal de Ilustração de Guimarães (BIG) e as principais atratividades do programa, nomeadamente o Mercado de Natal, 18º aniversário do Centro Histórico na lista do Património Cultural da UNESCO, «As Paragens onde tempo habita», concertos de natal, Passagem de Ano e Concerto de Ano Novo

Um programa diversificado, com animação e actividades para crianças, que acrescenta camadas ao último ano, segundo a Vereadora da Cultura, Adelina Pinto.

"Preparamos um programa que pode corresponder a todas as vontades dos vimaranenses, mas também que seja atractivo para quem nos visita. É um programa de valor acrescentado, que quer colocar as crianças no centro, que tenta aliar a tudo o resto que acontece em Guimarães, e que liga Cultura, entretenimento, património, crianças, alegria e Natal", disse.    

em Cultura

Marcações: Guimarães Cidade Natal

Imprimir