Presidente da Câmara desafia artistas vimaranenses a reinventar os grandes eventos de Guimarães



O Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, desafiou os vários agentes da cultura vimaranense a participarem de forma activa nos grandes eventos da Cidade como as comemorações do 24 de Junho – Dia um de Portugal ou as Festas da Cidade – Gualterianas.
“Queremos colocar a inteligência e criatividade de todos na procura de novas soluções”, defendeu Domingos Bragança, numa reunião realizada esta sexta-feira por videoconferência, com a participação de mais de duas dezenas de representantes do sector criativo, artístico e cultural de Guimarães.

A reunião teve como objectivo a promoção de um debate de ideias e apresentação de propostas perante a realidade actual, a fim de preparar um plano de ação devidamente adaptado e em condições de uma resposta célere ao período de pandemia.
Domingos Bragança demonstrou o seu apoio a novas iniciativas, essencialmente nos grandes momentos. “Precisamos de grandes produções performativas, multidisciplinares, nos momentos comemorativos da Cidade. As deste ano e as do próximo, pensadas, criadas, produzidas por gente de Guimarães”, salientou.

Na reunião foram apresentados contributos diversificados, centrados em programação alternativa, de qualidade, interdisciplinar e que utiliza os múltiplos espaços onde se pode desenvolver. A vereadora da Cultura da Câmara Municipal, Adelina Pinto, sublinhou a necessidade de “manter a actividade cultural em Guimarães, diferenciadora e essencial em tempos de pandemia e criar um mecanismo de apoio a todos aqueles que vivem da Cultura e que se deparam com os seus rendimentos e os trabalhos reduzidos a zero”. Apontou, ainda, a possibilidade da criação de um canal de difusão da marca cultural de Guimarães.
Perante os contributos apresentados, no decorrer da próxima semana será elaborado um plano de operacionalização.


em Cultura

Marcações: Domingos Bragança, agentes culturais

Imprimir