Guimarães Jazz recebe "luz verde" da Autoridade de Saúde e ajusta horários

Perante um cenário de grande incerteza, a 29ª edição do Guimarães Jazz, que decorre de 12 a 21 deste mês, encara o presente contexto como uma oportunidade para o festival descobrir novos pontos de vista sobre o jazz que possam ir de encontro às expectativas e desejos dos artistas e do público. 

Assim sendo, o programa é centrado sobretudo em projetos que envolvem músicos portugueses e alguns músicos estrangeiros a residir em Portugal.

A impossibilidade de realizar os workshops e as jam sessions em condições que permitam cumprir as suas funções pedagógicas e conviviais, obrigou também a uma adaptação do festival. 

No sentido de responder às normas que saíram do último Conselho de Ministros, o director executivo da Régie-Cooperativa , Ricardo Freitas, explicou na apresentação do festival que os horários vão ser antecipados para que se cumpra o recolher cívico que acontece pelas 22h30. 

Já director artístico do festival Guimarães Jazz, Ivo Martins, sublinhou a importância da realização de um festival "diferente", que acontece fruto do "forte compromisso com o público". " Sabíamos que ia ser uma situação difícil com músicos estrangeiros, por isso apostamos numa forte componente portuguesa", disse.

Na sua intervenção, César Machado, da Associação Convívio, destacou o papel dos jovens músico portugueses na programação. "Isto é um serviço ao jazz nacional e estes jovens vão mostrar uma enorme qualidade", afirmou.

Por último, a vereadora da Cultura, Adelina Pinto, sublinhou que é "seguro" assistir aos espectáculos, confirmando o parecer positivo das autoridades de saúde. "A cultura faz parte da nossa normalidade e A Oficina garantirá esta oferta cultural em segurança", conclui.

De resto, o festival Guimarães Jazz marca o regresso dos espetáculos aos espaços do Centro Cultural Vila Flor, que voltarão a contar com público para a restante programação d'A Oficina, assim como regressão as sessões de cinema do Cineclube.

em Cultura

Marcações: Guimarães jazz

Imprimir