Porque será... Vale e Azevedo?

Pode estar em marcha mais uma acção de marketing. A chegada de Vale e Azevedo ao Tribunal da Boa Hora tem dado que falar... e ouvir! Saiba porquê. Depois de Jardel andar a perguntar pelos estádios "Porque será?", agora é Vale e Azevedo quem poderá está no meio de um enredo (!) publicitário. Já não lhe bastava a 'encrenca' em que está metido e agora é objecto de múltiplas acções de marketing. Esta manhã, na quarta audiência do julgamento do ex-presidente do Benfica, Vale e Azevedo foi recebido pela discoteca Strauss com mais uma música sugestiva. Aquele espaço comercial mantém o hábito de saudar os réus famosos com temas a condizer e Vale e Azevedo não foge à regra. Desta vez, ouvia-se no exterior do tribunal "Não sou o único", dos Resistência, e "Money", dos Pink Floyd. De facto, não podia ser mais sugestivo!

em Desporto

Marcações: Desporto

Imprimir