Vitória derrotou Farense

O Vitória venceu o Farense por três bolas a uma, regressando assim aos triunfos, após duas derrotas consecutivas. Fangueiro foi o jogador que mais se evidenciou na partida. Premiou os adeptos com uma excelente exibição coroada com o golo que colocou a equipa em vantagem no marcador. O Vitória começou a partida a perder. Logo aos três minutos, uma desatença de Flamarion esteve na origem do golo da equipa algarvia. O jogador traiu Palatsi, ao tentar executar o corte de um lance que caiu na grande área, na sequência da marcação de um livre.

No Estádio D. Afonso Henriques, os adeptos não queriam acreditam na sorte madrasta. Ainda mal tinham aquecido o lugar e já os nervos começavam a ferver.

Mas, para contento dos adeptos, mesmo perto do apito do árbitro para o intervalo, Guga, de cabeça, rematou para o fundo da baliza do guardião algarvio. Estava reposta a igualdade, antes do merecido descanso.

No segundo tempo, o Vitória procurou dominar os lances, enquanto o Farense a todo o custo tentava segurar o empate. Essa tendência durou pouco tempo porque aos 64 minutos, Fangueiro - o melhor jogador em campo - num contra-ataque rápido conseguiu enganar o guarda-redes algarvio e colocou o Vitória em vantagem.

Embora o triunfo ainda não estivesse totalmente garantido, o Vitória assenhoriou-se do terreno e continuou a pressionar a equipa adversária. Romeu, aos 86 minutos, na recarga de um remate de Ceará, fechou a contagem de um resultado possibilitou ao Vitória somar três pontos na tabela classificativa, acendendo provisoriamente ao 6º lugar, em igualdade pontual com o Belenenses.

em Desporto

Marcações: Desporto

Imprimir