Desportivo Francisco de Holanda/Clube Desportivo Xico Andebol apresentou programa do 75.º aniversário



O programa das comemorações do 75.º aniversário do Desportivo Francisco de Holanda/Clube Desportivo Xico Andebol foi apresentado esta terça-feira.

Até meados do mês de Junho, o clube liderado por Fernando Alves Pinto irá desenvolver várias iniciativas para assinalar a data, celebrada em Dezembro do ano passado. Desde logo, foi apresentada uma campanha para angariação de mil novos sócios, que arranca no imediato. Para o dia 10 está marcada abertura oficial da exposição de troféu e fotografias, que decorrerá na Casa da Memória, com extensão pela cidade. A sessão solene, que decorrerá no auditório da Escola Secundária Francisco de Holanda, e o jantar comemorativo terão lugar no dia 23. Já no dia 7 de Junho decorrerá o lançamento da revista comemorativa do 75.º aniversário do clube e Gala do Xico, no Centro de Artes e Espectáculos São Mamede. O encerramento das comemorações terá lugar no dia 16 de Junho, com um almoço e um debate subordinado ao tema 'Andebol no feminino: caminhos e complexidades'.

Na apresentação do programa comemorativo, Fernando Alves Pinto sublinhou que “depois dos problemas que vivemos quando o Desportivo Francisco de Holanda/Xico Andebol nunca tivemos uma situação estável, diria até que essa transferência não foi devidamente cuidada. Temos vivido momentos de grande sofrimento. Somos um clube de cidade, o que traz grandes inconvenientes, porque não há estruturas de proximidade que nos apoiem, como Juntas de Freguesia, Casas do Povo. Temos contado com o apoio supletivo da Câmara Municipal, que nos tem permitido sobreviver. E estamos a trabalhar no sentido de encontrar uma solução de futuro, conjuntamente com a Câmara e não só. Esperamos que este seja um ano de mudança definitiva”.

O presidente do Xico Andebol acrescentou que “em Junho do ano passado tínhamos as finanças equilibradas e continuaremos a ter se recebermos o apoio que achamos que a Câmara Municipal nos vai dar. Agora, faltam as garantias em termos de futuro. Gostávamos de celebrar um protocolo de colaboração com a Câmara de médio/longo prazo, o que até agora não foi possível. Se conseguirmos isso, o Xico pode trilhar caminhos diferentes. Não queremos competir com clubes que têm orçamentos de milhões de euros. Queremos é estabilizar o clube e continuar a apostar na génese deste clube, a formação”.

Marcações: Xico Andebol, Fernando Alves Pinto

Imprimir Email