Vítor Campelos abriu porta de saída do Vitória B: "Este pode ter sido o meu último jogo"



No rescaldo do último jogo da temporada da equipa B do Vitória, Vítor Campelos assumiu o cenário que se tem vindo a desenhar. O treinador estará mesmo de saída do Vitória, depois de três anos no comando da equipa B: “Este pode ter sido o meu último jogo na equipa B. Eu sou ambicioso. Vamos aguardar e ver o que é que deus nos reserva.”

“O Vitória tem treinador e está muito bem servido pelo José Peseiro”, acrescentou, depois de confrontado com a possibilidade de migrar para a formação A. “Como é óbvio gosto do Vitória, mas também sou uma pessoa ambiciosa e agora vamos esperar para ver o que vai acontecer durante as próximas semanas para ver se surge alguma coisa. Agora como é óbvio, eu e a minha equipa técnica que é bastante valorosa, durante estes três anos temos mostrado grande valor. Vamos aguardar mas estamos extremamente satisfeitos com aquilo que conseguimos esta época”.

O balanço da temporada que agora chegou ao fim é necessariamente positivo: “Numa Liga tão competitiva, ficamos em segundo lugar das equipas B, uma acabou por descer e outra salvou-se no último minuto, o que demonstra bem a competitividade desta prova. Batemos alguns recordes, fizemos seis vitórias seguidas, tivemos seis jogos invencíveis, nesta segunda volta fomos a terceira equipa a seguir às duas equipas que subiram que mais pontos fez. É certo que na primeira volta tivemos uma fase menos boa, mas é fruto daquilo que são as equipas B. Só quem treina uma equipa B sabe que há uma inconstância de jogadores que sobem e descem. O maior factor de regozijo e alegria, é ver na primeira equipa jogadores como Miguel Silva, Sacko, Óscar, Raphinha e Konan, que começaram pela equipa B.”


em Desporto

Marcações: Vítor Campelos, Vitória Sport Clube, Vitória B

Imprimir