Rincón continua em Guimarães depois de ter falhado acordo com Godoy Cruz



O extremo Rincón continua em Guimarães e em breve deverá ser reintegrado no plantel do Vitória, depois de ter falhado o acordo que previa a sua cedência ao Godoy Cruz, da Argentina. A SAD do Vitória procura resolver o caso do avançado nos próximos dias, mas o desfecho não se adivinha fácil.

O empréstimo de Rincón ao Godoy Cruz chegou a estar acertado, mas divergências posteriores quanto aos valores que os argentinos deveriam assumir levaram a que o acordo fosse desfeito. Esta situação criou um problema à SAD liderada por Júlio Mendes, uma vez que, entretanto, o mercado de Inverno fechou na América do Sul, assim como na maior parte dos países europeus, pelo que Rincón ficou sem colocação. Por isso, a inscrição do jogador continua activa na Liga, apesar de não estar integrado no plantel de Luís Castro. Com alguns mercados ainda em aberto, concretamente no leste da Europa e na China, os responsáveis vitorianos pretendem encontrar uma alternativa para Rincón que não passe pela sua continuidade em Guimarães. De acordo com o que foi possível apurar, nesta altura há duas hipóteses em aberto para o futuro imediato do avançado colombiano.

Ao ruir a possibilidade de Rincón mudar-se para a Argentina, a SAD do Vitória não conseguiu resolver o problema de todos os excedentários. Recorde-se que Victor Garcia (Famalicão), Celis (Colón, Argentina), Francisco Ramos (Santa Clara) e Óscar Estupiñán (Barcelona de Guayaquil, do Equador) foram emprestados, enquanto o contrato de Junior Tallo foi rescindido.

Marcações: Vitória Sport Clube, Rincón

Imprimir Email