Ivo Vieira: "Preparamos a equipa para dar respostas positivas e conquistar pontos na Madeira”



O treinador Ivo Vieira afirmou hoje que o Moreirense quer pontuar na deslocação ao terreno do Marítimo, para consolidar o 5.º lugar na 1.ª Liga, esperando um adversário competitivo no encontro da 25.ª jornada.

Dificuldades para formar 11 para o Marítimo: “Mais do que ter os ingrediente é ser um cozinheiro criativo e conseguir fazer esse mesmo prato de comida saboroso, com outros ingredientes. No fundo, vamos com o que temos para jogo. Estes jogadores têm valia suficiente para dar respostas positivas. O mais fácil seria chorar aquilo que não tenho devido às condicionantes, mas prefiro valorizar os que estão disponíveis porque temos um grupo equilibrado, que podia ser mais equilibrado e mais forte. Temos de acreditar nos que estão disponíveis, são esses que fazem sermos competitivos a cada jogo. Vamos defrontar um adversário que precisa de pontos, que tem individualidades muito boas. Tem uma equipa forte, nos últimos dois jogos empatou com o Sporting e perdeu com o Vitória com uma boa exibição. Temos de estar atentos ao nosso adversário, porque as duas equipas querem pontos para perseguir os seus objectivos. O Marítimo é uma equipa muito intensa, forte nos duelos, mas preparamos a semana para dar respostas positivas e conquistar pontos na Madeira.”

Surpreende a carreira do Marítimo: “Todas as épocas há equipas que surpreendem pela positiva e negativa. Para mim, é surpreendente porque é uma equipa que normalmente luta pelos lugares cimeiros, por norma tem como objectivo lugares europeus. Fico admirado pela época que o Marítimo está a fazer porque é um clube consistente, que habitou os adeptos a estar na parte de cima da tabela. É uma das boas equipas do campeonato, com jogadores e estrutura que podiam levar aos 10 primeiros de forma tranquila. Por vezes, ter bons jogadores e plantel não é suficiente, há anos em que as coisas não correm como pensamos.”

Presença de adeptos na Madeira: “É um orgulho poder contar com o apoio deles, sejam quantos forem serão sempre bem vindos, vão ser acarinhados por nós. Sabem que são a nossa força, que jogamos muito por eles. Provavelmente estarão mais adeptos, mesmo madeirenses que querem ver o Moreirense ganhar porque a equipa técnica tem laços muitos estreitos com a Madeira, a nossa pérola do Atlântico.”

Como motivar a equipa nesta fase, com vários problemas: “É um trabalho muito minucioso, tenho de entrar na cabeça dos atletas, fazê-los pensar no que é mais importante, que é a projecção do clube, o desempenho deles. Obviamente que ninguém pdoe controlar o sentimento dos outros, essa situação (dedicar o último golo, com o Vitória de Setúbal, a Rúben Lima) saiu da parte deles. Temos de respeitar, tenho de ser equilibrado para estarmos concentrados e focados no jogo. As coisas não nos passam ao lado, são situações que incomodam, mas seremos mais fortes a cada dia ultrapassando-as, conseguindo resultados que vão de encontro ao que o clube procura. Representamos uma instituição, temos de defendê-la até ao último dia em que estivermos cá."

Marcações: Marítimo, Moreira de Cónegos, 1.ª Liga, Moreirense Futebol Clube

Imprimir Email