Brito vai a eleições sábado para procurar substituto de António Freitas



O Brito reúne em Assembleia Geral no próximo sábado para a eleição dos novos corpos directivos. Contudo, tudo indica que não sairá uma nova Direcção da reunião que terá lugar no salão nobre do Centro Social de Brito, pelas 14 horas, uma vez que ainda não foi apresentada qualquer lista. O prazo termina às 20 horas de sexta-feira e nada leva a crer que o cenário venha a mudar.

O presidente do Brito, António Freitas, não quer pronunciar-se sobre este processo até à realização da Assembleia Geral. Por seu turno, o líder da A.G., José Dias, antecipou a ideia de que “não se perspectiva qualquer solução até sexta-feira.” “Com muita tristeza minha, ainda não vi qualquer movimento para a formação de uma lista. O Brito vai ter mais um problema para resolver, o que é pena, porque temos todas as condições para ser um grande clube. As pessoas gostam muito de criticar, mas não aparecem para trabalhar”, criticou. José Dias está “à espera” de perceber o que vai acontecer até sexta-feira, sendo certo que tem a garantia de que António Freitas assume a gestão do Brito até ao final da época. “Se não aparecer ninguém agora, temos de encontrar soluções a breve prazo. Fico triste com o que se está a passar, porque na freguesia há gente com capacidade. Não é nada difícil, se as pessoas tiverem os pés no chão é tudo fácil de se organizar. O Brito tem camadas jovens em grande destaque, uma equipa sénior compatível com a sua dimensão, por isso acho que está em condições de ser gerido. Mas, estou muito apreensivo.”

A solução, garante José Dias, não passa por vir a ocupar um novo cargo, deixando a presidência da Assembleia Geral. “Estou sempre disponível para ajudar, esta foi sempre a minha vida, mas nunca como foi este ano. Assumi o futebol esta época, o que me deu muito trabalho, mas não tenho tempo para isto devido aos meus afazeres profissionais. Estou disponível para a Assembleia Geral, ou outro cargo do género.” Quanto à posição de António Freitas, José Dias revelou que “o que me disse é que não ia continuar, que no final da época vai embora. O Brito não vai acabar, mas tem de se arranjar uma solução.”

em Desporto

Marcações: eleições, Brito SC, José Dias, António Freitas

Imprimir