Taipas dispensa Rui Tatá duas semanas após entrada em funções do treinador



A passagem de Rui Tatá pelo comando técnico do Taipas não chegou às duas semanas. O treinador deixou o cargo depois da pesada derrota em Fafe, para 30.ª jornada do Campeonato de Portugal. José Augusto, que transitara da equipa técnica de Basílio Marques, e Filipe Eusébio vão liderar a equipa até ao final da temporada.

A saída de Rui Tatá começou a desenhar-se após o final do jogo com o Fafe, apenas o segundo que realizou como treinador principal do Taipas, depois da derrota na estreia com o Montalegre. Não foram apenas os resultados que estiveram na origem da decisão, uma vez que os jogadores terão mostrado descontentamento com algumas mudanças.

Esta segunda-feira, depois do plantel ter-se reunido para uma sessão de ‘coaching’ com José Costa, a Direcção liderada por Tiago Rodrigues reuniu para definir estratégias para o futuro. Desde logo, assumiu que a descida aos distritais é inevitável, uma vez que a distância para os lugares de permanência é praticamente irrecuperável. Além disso, foi tomada a decisão final quanto à saída de Rui Tatá, o terceiro treinador da temporada.

Recorde-se que o Taipas começou a época com António Carvalho no banco, sucedendo-lhe mais tarde Basílio Marques. Depois do antigo adjunto de Manuel Machado ter colocado o lugar à disposição, entrou em funções Rui Tatá, que orientou a equipa em dois jogos, com derrotas frente ao Mirandela e Fafe. O treinador assumira que aceitou o cargo para preparar um projecto já a pensar na próxima época, objectivo que afinal não se concretiza.

Até ao final da época, José Augusto e Filipe Eusébio vão orientar a formação principal do Taipas, na certeza de que a partir desta terça-feira a Direcção de Tiago Rodrigues quer começar já a preparar a temporada 2019/2020.

Marcações: treinador, CC Taipas, Rui Tatá

Imprimir Email