João Afonso despede-se: "Aprendi a ser Vitoriano e vou continuar a alegrar-me nas vitórias e a ficar triste nas derrotas"



João Afonso despediu-se hoje do Vitória e dos seus adeptos, depois de ter terminado a ligação de cinco anos ao clube.

O defesa-central lembra, no texto publicado nas redes sociais, que clube lhe permitiu “a oportunidade de concretizar um sonho, jogar na Primeira Liga Portuguesa.” “Foram 74 jogos em que tive o privilégio de defender a camisola com o símbolo do Rei. E que símbolo! Que conduz uma cidade e provoca uma simbiose entre Guimarães e o Clube, onde "ninguém vai entender" a menos que o represente e sinta a alegria efusiva das vitórias e a amargura pesada das derrotas que o povo da Cidade Berço passa a cada semana que joga o nosso Vitória. Sim, nosso!”

João Afonso assegura que ao longo de cinco anos “aprendi o que é ser Vitoriano, naquela que foi a minha primeira casa adoptiva e onde me foram transmitidos e fiz questão de aprender os valores do Vitória. Não há maneira de o representar continuamente sem perceber estes valores.”

“Quero agradecer ao Vitória Sport Clube a honra que me deu de poder representar as suas cores. Agradecer à cidade de Guimarães o acolhimento e o bem-estar que me proporcionou. Quando endereço os meus agradecimentos ao clube e à cidade, estão incluídas as pessoas que deles fazem parte, sem excepção. Foram 5 anos de crescimento e aprendizagem que em muito contribuíram para o profissional e homem que sou hoje. O meu enorme Bem Haja! Acabou a ligação contratual mas como digo, aprendi a ser Vitoriano e vou continuar a alegrar-me nas vitórias e a ficar triste nas derrotas do Vitória Sport Clube”, pode ler-se na mesma nota.

Marcações: João Afonso, Vitória Sport Clube

Imprimir Email