Pedro Henrique: "Nesta época de transferências sempre acontecem conversas"



Pedro Henrique coloca o seu futuro nas mãos da Administração da SAD do Vitória. Cobiçado por clubes europeus, concretamente da Grécia, França e Turquia, o defesa-central confessou estar apenas focado no seu trabalho, deixando qualquer decisão sobre uma eventual transferência entregue ao seu empresário e aos dirigentes do Vitória.

Em declarações prestadas ao portal brasileiro Lance.net, Pedro Henrique disse que "nesta época de transferências sempre acontecem conversas", sobre a possibilidade de ser transferido. Afirmou, no entanto, que "eu, no entanto, mantenho o meu foco no trabalho." "Respeito o clube e os seus torcedores, que me dão muito carinho. Deixo estas questões para a diretoria resolver. Quanto a jogar no Brasil, se acontecer em algum momento, será uma satisfação, claro. É o meu país, temos grandes clubes e obviamente seria uma honra", acrescentou o defesa-central.

Pedro Henrique terminou a temporada com números que impressionam, como 93% na precisão em desarmes (contra 79% da média da Liga Portuguesa) e 75% de aproveitamento nos duelos aéreos (contra 57% da média). Além de ter sido um dos defesas que menos faltas cometeu, com uma média inferior a uma por jogo, Pedro Henrique teve ainda 87% de precisão nos passes (a média da Liga é de 82%).
Na análise a estes números, Pedro Henrique assumiu que fez "uma grande temporada." "Mais uma vez fui bem junto com a nossa equipe. Fizemos um bom papel. Eu individualmente também fui bem e tive desempenho comparável ao de outros grandes jogadores do campeonato. E, além disso, conseguimos uma vaga para o time disputar a Liga Europa, o que é muito importante para o clube. Então, estou muito contente", acrescentou.


Marcações: Vitória Sport Clube, Pedro Henrique

Imprimir Email