António Miguel Cardoso avança com candidatura à presidência do Vitória



O próximo acto eleitoral do Vitória pode vir a tornar-se o mais concorrido de sempre no clube. O ex-vice-presidente António Miguel Cardoso - fez parte da Direcção de Vítor Magalhães em 2004 - também vai avançar com uma candidatura. Licenciado em gestão nos Estados Unidos, o empresário de 42 anos diz ter o apoio de diversas personalidades do universo vimaranense no intuito de representar uma candidatura que preconize a necessária união do Vitória.

Relativamente a outros putativos candidatos, de acordo com as informações apuradas Pedro Xavier terá abdicado dessa possibilidade. O antigo presidente da Assembleia Geral, figura conhecida no meio vitoriano, esteve em negociações para formar uma lista, mas não reuniu as condições que entende como necessárias nesta altura.
Falta perceber se Pedro Xavier integrará uma outra lista. O antigo dirigente deu indicações em sentido contrário na semana passada, depois de ter sido noticiada a possibilidade de fazer parte da candidatura de Daniel Rodrigues.

Nesta equação eleitoral surge, ainda, o nome de Francisco Canário. O actual OLA (Oficial de Ligação aos Adeptos) do clube tem praticamente definida a sua posição relativamente ao próximo acto eleitoral de 20 de Julho. Francisco Canário confirmou que nesta altura apenas avalia os apoios com os quais possa vir a contar, já depois de ter recebido, por parte de muitos associados, o incentivo para avançar com uma candidatura.

Júlio Vieira de Castro, candidato derrotado nas eleições de Março do ano passado pelo agora presidente demissionário Júlio Mendes, também continua, naturalmente, a fazer parte da equação, devendo assinalar a sua decisão nos próximos dias.

Marcações: Vitória Sport Clube, eleições Vitória, António Miguel Cardoso

Imprimir Email