Flávio Meireles: "Será uma eliminatória difícil, seja qual for o adversário, mas que queremos passar"



O director desportivo do Vitória, Flávio Meireles, comentou o resultado do sorteio da 2.ª pré-eliminatória da Liga Europa, em que o Vitória vai defrontar o Jeunesse Esch (Luxemburgo) ou o FC Tobol Kostanay (Cazaquistão).

“São duas equipas desconhecidas, mas temos este tempo todo para estudá-las e para nos prepararmos para conseguir passar uma ou outra. O Jeunesse é um clube que já conquistou vários títulos no Luxemburgo, uma liga que não é tão competitiva, mas que nos merece o máximo respeito. O Tobol é uma equipa que tem a vantagem de já estar em competição, de estar na luta pelo 1.º lugar com o Astana, uma equipa habituada a disputar a Liga dos Campeões. Temos de preparar a eliminatória com todo o cuidado. Temos uma eliminatória para a equipa técnica os estudar bem. Será uma eliminatória difícil, seja qual fora o adversário, mas que queremos passar em frente”, disse, em declarações ao Grupo Santiago.

Flávio Meireles acrescentou que “se viermos a defrontar o Tobol a deslocação será a maior condicionante que teremos, porque implica uma logística distinta, será mais difícil. Será um jogo numa fase da pré-época, em que os jogadores estão a adquirir a melhor forma física e uma viagem destas nunca será boa. Será a maior condicionante.”

“Jogar em casa na 2.ª mão vale o que vale. Num passado recente jogamos primeiro fora e acabamos por ser eliminados em casa pelo Altach. Não dou muito relevo ao facto de jogarmos primeiro fora ou em casa. Compete-nos é ser competentes e estar preparados, como acho que vamos estar, para qualquer dos adversários”, afirmou ainda.

Marcações: Vitória Sport Clube, Flávio Meireles, Liga Europa

Imprimir Email