Moreirense projecta para o futuro nova bancada no Parque de Jogos



Os planos da Direcção do Moreirense para a ampliação do património não passam exclusivamente pela construção da Vila Desportiva, obra em marcha há alguns meses e que vai transformar a realidade do clube. De acordo com o que foi possível apurar, a médio prazo o clube de Moreira de Cónegos tem projectada a edificação de uma nova bancada no Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas, que irá nascer precisamente no único topo em que não existe qualquer lugar destinado à presença de público.

O projecto de Vítor Magalhães só avançará depois de concluída a construção da Vila Desportiva e se estiverem reunidas as condições financeiras para tal. Como é norma em Moreira de Cónegos, o clube apenas faz investimentos deste calibre se tiver possibilidades para tal. A estabilidade económica está sempre aliada à questão desportiva, pelo que para que o projecto conheça a luz do dia torna-se essencial a permanência do Moreirense na Liga.

Recentemente, o Moreirense comprou uma faixa de terreno, com cerca de 50 metros de largura, na zona sul do Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas. Neste local, está a ser erigido um muro de suporte de grandes dimensões, que depois de concluído permitirá ao clube modificar aquela área do seu parque desportivo. Além de melhorar os acessos àquela zona do parque, concretamente aos balneários do campo de apoio, esta obra servirá de base para a futura construção da nova bancada.

Quando decidir avançar para a edificação de uma nova bancada, o Moreirense irá abdicar do campo de futebol 7, em relvado sintético, que existe naquele local, e que é destinado aos treinos e jogos dos mais novos. Uma infra-estrutura que nesta altura é essencial para o departamento de futebol juvenil, mas que deixará de ter a mesma relevância no futuro, quando estiver finalizada a Vila Desportiva.

As obras do novo parque desportivo do Moreirense prosseguem a bom ritmo. Nas últimas semanas, já foi 'desenhado' o primeiro campo que vai nascer naquele local, a poucas centenas de metros do Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas. Trata-se de um relvado sintético, que vai nascer numa das extremidades do terreno. Os quatro campos de futebol 11 projectados serão dispostos numa espécie de socalco. O principal, denominado por campo A, terá uma bancada que o transformará num mini estádio, e será edificado junto ao espaço destinado a um edifício com 20 quartos e um ginásio, entre outras valências. Num patamar abaixo estarão, quase lado a lado, os campos B e C, e numa zona inferior o relvado D.

Marcações: Moreirense Futebol Clube, Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas

Imprimir Email