Direcção do Vitória estuda hipótese de construir novos campos na Academia



A Direcção do Vitória está a estudar a possibilidade de construir mais um ou dois campos de futebol na Academia do clube. O projecto está em curso e deverá ser apresentado em breve à Câmara Municipal. Miguel Pinto Lisboa já reuniu com o vereador Ricardo Costa, que tem o pelouro do Desporto, para lhe apresentar o projecto do clube para a melhoria das infra-estruturas da actual Academia. Além da construcção de mais um ou dois campos de futebol, o Vitória também mantém a ideia de edificar um novo pavilhão para as modalidades amadoras. “O presidente do Vitória, Miguel Pinto Lisboa, e os seus presidentes já tiveram uma reunião com o senhor Presidente da Câmara e comigo e apresentaram os seus projectos. Há uma urgência, o pavilhão que precisam para as modalidades. Pretendem fazer algumas alterações na Academia para que possam ter mais um dois campos para responder às necessidades do clube. No imediato, estamos a estudar a localização do novo pavilhão, que em princípio será nas proximidades e a questão dos novos relvados. Vamos estudar as intervenções que o Vitória está a pensar. Um dos vice-presidente está a estudar a sua localização. É um processo que está muito adiantado. Estamos à espera que esse dossier chegue ao Município, para depois falar com o Presidente da Câmara para procurarmos chegar a bom porto com essa decisão.”

Estes projectos não colidem, no entanto, com a vontade de construir uma nova Academia. Um processo que ainda não está concluído, como revelou o vereador Ricardo Costa, em declaracções ao Fórum Vitória, da Rádio Santiago: “O futuro terá de ser o Vitória a reflectir. A Academia deve ficar num local com boas acessibilidades, mas fora da confusão. Este tipo de Academia exige alguma serenidade, alguma nobreza do espaço que é escolhido e tem de ser fora dos aglomerados urbanos. O que defendo é que esta extensão da Academia seja um espaço longe da confusão,mas com acessibilidades para que possamos vender a marca Vitória. Costumo dizer que não há uma segunda oportunidade para causar uma boa primeira impressão, quem visita tem de comprar logo. Portanto, esta Academia tem de ser a cereja no topo do bolo para a sustentabilidade e longevidade que quero para o Vitória.”

Nas mesmas declarações, Ricardo Costa justificou os apoios ao Vitória, por se tratar do maior emblema do Concelho. “Nós, ao valorizar o Vitória, ao ajudarmos nos investimentos do Vitória estamos a ajudar Guimarães e todo o desporto em Guimarães. As pessoas têm de ter esta percepção. Não estamos a beneficiar A em detrimento de B, as a ajudar A para que B possa ser ainda melhor. É bom que as pessoas percebam que o Vitória e Moreirense são dois clubes de referência e que os investimentos que possamos ajudar a concretizar são fundamentais para a sua longevidade e crescimento, mas também porque são indutores do desporto em Guimarães, concelho que tem 108 associações desportivas.”

Marcações: Domingos Bragança, Câmara Municipal de Guimarães, Vitória Sport Clube, Ricardo Costa, Miguel Pinto Lisboa, Academia Vitória Sport Clube, Fórum Vitória

Imprimir Email