Passe de Tapsoba motiva publicação irónica do presidente do Leixões



A polémica em torno da posse de parte do passe de Edmond Tapsoba, defesa-central que o Vitória vendeu ao Bayer Leverkusen, da Alemanha, por 18 milhões de euros (mais sete por objectivos) promete continuar a dar que falar.
Em causa está o facto dos responsáveis do Leixões argumentarem que não foi efectivada a venda ao Vitória de mais 20 por cento dos direitos económicos que detinham, do total de 25 por cento na sua posse.

Numa 'guerra surda' entre as duas SAD, uma vez que publicamente Vitória e Leixões ainda não assumiram qualquer posição sobre o tema, o presidente dos matosinhenses escreveu um post na rede social Facebook, que entretanto deixou de estar visível, em que abordou o tema de forma irónica. O conteúdo da publicação de Paulo Lopo era o seguinte: “Hoje passei pela Bugatti, ali para os lados de Guimarães, olhei pela janela e adorei o Bugatti Veyron. Mandei para lá um e-mail a dizer que queria o carro, e qual é o meu espanto não me deram o carro, alegando que não o tinha pago. Bolas para isto, pensava que para ser dono bastava mandar um e-mail mas afinal dizem que sem pagar não pode ser meu! Lol.”

Marcações: Vitória Sport Clube, Edmond Tapsoba, Bayer Leverkusen, Leixões SC

Imprimir Email