Acusações de José Dias (Brito) levam Pevidém a ameaçar com corte de relações institucionais



A semana que antecede o dérbi entre o Pevidém e o Brito, da 24.ª jornada do campeonato Pró Nacional da Associação de Futebol de Braga, começa com um clima escaldante entre os dois clubes.
No rescaldo do empate em Arões, o presidente da Assembleia Geral do Brito, José Dias, afirmou ao Diário do Minho que “é uma vergonha o que se está a passar com o Brito, nos últimos cinco/seis jogos”, ressalvando que o clube está “a incomodar muita gente”, apontando depois o dedo ao Pevidém. “Estiveram em Arões três excelentes árbitros, mas erraram e fizeram isto de propósito para beneficiar o Pevidém”, acusou o dirigente

O Pevidém respondeu esta tarde, num comunicado em que pretende fazer a “defesa da sua honra e bom nome.” O clube liderado por Rui Machado espera que Direcção do Brito “venha publicamente demarcar-se de tais declarações, sanando o incidente” no que diz respeito ao Pevidém, indicando que se tal não acontecer “as relações institucionais entre os emblemas ficarão inexoravelmente comprometidas durante a vigência dos seus mandatos.”

No mesmo comunicado pode ler-se que José Dias “afirma que o trio de arbitragem do jogo em Arões prejudicou deliberadamente o seu clube para beneficiar o PevidÉm”, o que “consubstancia uma acusação de corrupção, o que é muito grave e não pode passar em claro.” Por isso, o Pevidém “repudia veemente essa acusação, qualificando-a de leviana, vinda de quem vem, e cobarde, por carecer de qualquer fundamento”, prometendo actuar “em conformidade nas instâncias próprias e com os meios disponíveis contra o Sr. José Dias, numa fase inicial, e posteriormente contra o Brito SC, caso a sua direcção não se demarque dessa postura.”

“E não o faremos para defender a nossa honra e dignidade. Não sentimos essa necessidade por não atribuir qualquer crédito ou força ao autor da verborreia em questão. Assim como estamos certos de que, quer o Arões SC, quer o Dumiense/CPJII e ainda o CCD Santa Eulália não duvidam que a pontuação que conseguiram contra o Brito SC são da sua inteira responsabilidade e competência”, acrescenta o comunicado da Direcção do Pevidém, que termina assim: “Se o objectivo do Sr. José Dias foi o de condicionar o trio de arbitragem do jogo do próximo sábado, estamos seguros que não será bem sucedido. Assim como não conseguirá estragar o que se espera ser um grande jogo de futebol, entre duas das melhores equipes do campeonato, bem dirigidas, com atletas de grande qualidade em ambos os lados, apoiados por gente de bem e ordeira, de freguesias vizinhas do mesmo concelho.”

Marcações: Pró-Nacional , Associação de Futebol de Braga, Pevidém Sport Clube, Brito SC

Imprimir Email