Associação de Árbitros de Futebol de Braga espera que “as autoridades tomem diligências" após críticas do Brito às arbitragens



A Associação de Árbitros de Futebol de Braga assumiu estar solidária e apoiar os seus associados, o árbitro Carlos Dias e os árbitros assistentes Flávio Dias e Hugo Gonçalves, na sequência das declarações proferidas por José Dias, presidente da Assembleia Geral do Brito, no final do jogo entre o Arões e o clube vimaranense, da 23.ª jornada do campeonato Pró Nacional da Associação de Futebol de Braga.

Num comunicado em que erradamente aponta o responsável do Brito como presidente do clube – José Dias é, efectivamente, o presidente da Assembleia Geral -, a Associação de Árbitros de Futebol de Braga lamenta a “forma injuriosa e ofensiva” como os seus associados foram tratados, “disponibilizando todos os meios ao seu alcance, e que os mesmos entendam necessários.”

Na mesma nota pode ler-se que a Associação de Árbitros de Futebol de Braga “considera que estes atos injuriosos em jogos de futebol, e principalmente no pós-jogo com declarações difamatórias quando os resultados não correspondem às expectativas, carregam um sentimento de má-fé para com os árbitros e com a arbitragem em geral, que deixam a todos perplexos, pois é inaceitável que estas situações ultrapassem as competências profissionais para a vida pessoal e privada dos árbitros. Não se pode permitir que situações destas manchem a imagem da maior competição distrital da AF Braga, e da modalidade em geral, e que inibam qualquer interveniente de praticar futebol, ou de decidir seguir um percurso enquanto árbitro.” Por isso, acrescenta, “são, naturalmente, de repudiar todas estas ações, considerando-as altamente reprováveis, e que em nada beneficiam o espírito e a essência do futebol, nem os valores que a modalidade representa.”

A Associação de Árbitros de Futebol de Braga espera que “as autoridades competentes tomem as devidas diligências, de forma a punirem este tipo de ocorrências, e assim devolver a postura de respeito e fair-play que deve imperar no contexto desportivo.”

Aquela associação assegura ainda que tudo fará para “salvaguardar a integridade moral de todos os seus associados, apelando, não só, à atuação das instâncias competentes, mas também à responsabilidade e envolvimento da comunidade em geral, de forma a elevar os valores coletivos e desportivos da A. F. Braga.”

Marcações: Pró-Nacional , Associação de Futebol de Braga, Brito SC, Associação de Árbitros de Futebol de Braga

Imprimir Email