SAD do Vitória confirmou "acção de fiscalização" do Ministério Público e Autoridade Tributária



A SAD do Vitória confirmou, esta tarde, a realização de uma acção de fiscalização, levada a cabo pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal do Ministério Público e pela Autoridade Tributária.

Elementos das duas instituições estiveram nos escritórios da SAD, no Estádio D. Afonso Henriques, no âmbito da investigação originada por suspeitas de fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais.

No comunicado emitido esta tarde, a Vitória Sport Clube, Futebol SAD dá conta que da “sua total disponibilidade para colaborar com as autoridades competentes no esclarecimento de todas as questões que venham a ser suscitadas no âmbito desta ou outra qualquer investigação.”

Presidentes de clubes, agentes, empresários, empresas e dezenas de jogadores de futebol estão sob investigação. Além do FC Porto, Benfica, Sporting, Sp. Braga, Estoril, Portimonense e Marítimo, o Vitória também está envolvido neste processo devido a negócios realizados, no passado, com o FC Porto. Segundo apuramos, a referência ao Vitória no processo é indirecta, ou seja, em causa estará um negócio do FC Porto, no caso específico a transferência de Hernâni, mas em que as eventuais irregularidades terão sido cometidas apenas pelos portistas.

Marcações: Vitória Sport Clube, Ministério Público, Autoridade Tributária, DCIAP

Imprimir Email