Vitória vai criar um mini-estádio na Academia



O Vitória vai criar um mini-estádio na Academia. A intervenção de vulto que a SAD liderada por Miguel Pinto Lisboa vai lançar, estava prevista arrancar no final da temporada. Um objectivo que agora está condicionado pela situação de excepcional emergência que vivemos, mas ainda assim as obras estarão no terreno nos próximos meses.

O mini-estádio será construído no actual campo n.º5, com a cobertura das duas bancadas já existentes; novos balneários e outras infraestruturas de apoio técnico e administrativo, de tal forma que o renovado espaço passará a dispor de condições para lá jogar a equipa B, seja no Campeonato de Portugal - esta temporada tem alternado entre a Academia, a Pista Gémeos Castro ou o Campo Dona Maria Teresa, em Sande S. Martinho - ou na Segunda Liga, deixando de ser necessária a utilização do Estádio D. Afonso Henriques pela equipa B vitoriana.

O projecto já está elaborado pela SAD vitoriana mas carece da imprescindível aprovação da Câmara Municipal de Guimarães, uma vez que a matriz de construção será alterada.
Inicialmente, a Direcção do Vitória pretendia iniciar as obras logo após o fecho da temporada, ou seja ainda em Maio. Agora, tudo depende do que suceder nas próximas semanas. Se as provas forem retomadas, a intervenção só poderá começar em Julho. Caso contrário, se na pior das hipóteses os campeonatos forem anulados, esta até poderá arrancar mais cedo.

Mas o projecto não contempla apenas o campo n.º5. O 6 também será alvo de mudanças, com a colocação de um novo sintético (de qualidade superior) com dimensões oficiais para permitir a realização de provas da Federação Portuguesa de Futebol, nomeadamente da formação, que esta época tem utilizado frequentemente espaços cedidos por outros clubes do Concelho, nomeadamente os campos de Santiago e Torcatense. Este caso também não foge à regra determinada pela actual conjuntura: se os campeonatos forem retomados, a obra arranca mais tarde; se forem anulados pode ser antecipada.

Sublinhe-se que estes projectos destinados à melhoria das condições da Academia vitoriana deverão envolver uma verba de aproximadamente um milhão de euros.

Marcações: Vitória Sport Clube, Miguel Pinto Lisboa, Academia Vitória Sport Clube

Imprimir Email