Guarda-redes Douglas "quer encerrar a carreira no Vitória"



O guarda-redes Douglas pretende terminar a carreira no Vitória. Aos 37 anos, o brasileiro cumpre os últimos meses de contrato, uma vez que o seu vínculo termina a 30 de Junho. Com vontade de prolongar a carreira por, pelo menos, mais um ano, Douglas tem-se mostrado disponível para chegar a um acordo com a Administração da SAD que permita a renovação do seu contrato por mais uma época. Um assunto que, nesta fase, não tem sido prioritário, face à pandemia da Covid-19 que levou à suspensão dos campeonatos. Contudo, o empresário do guarda-redes, Demetrios Montanini, considera que as negociações podem avançar quando for recuperada alguma normalidade. “O Douglas quer continuar a jogar, está em plena forma, faz lembrar o vinho do porto, quanto mais o tempo passa, melhor está. A vontade dele foi sempre a de representar o Vitória, não é agora que vai mudar. É óbvio que pode mudar se não houver interesse do clube. Não nos preocupamos com isso, porque o Douglas faz o trabalho dele, tem paixão pelo clube, é grato por tudo o que o clube lhe deu. Teve várias hipóteses de sair, mas quis sempre ficar no clube pelo qual se apaixonou. Acredito que a vontade do Douglas é encerrar a carreia no Vitória”, revelou, em entrevista ao Grupo Santiago.

Demetrios Montanini assume que para Douglas a eventual saída do Vitória, e consequentemente de Guimarães, no final da época, seria um revés na sua vida pessoal. “É óbvio que se sente bem no clube e na cidade, mas ele não está acomodado. O Douglas quer permanecer porque sente que tem condições para continuar a jogfar num clube grande, que disputa todos os jogos para vencer. É isso que move um atleta de lta competição como ele. Poucos atletas conseguiram o êxito de estarem 10 anos no Vitória, porque a cobrança é alta. A parte dele está a ser feita, com o trabalho que tem feito. Mas, a decisão final depende do clubne, da equipa técnica. Temos de aguardar por um desfecho positivo. O diálogo sempre foi bom com o Vitória, quando as coisas voltarem ao normal vamos conversar. O clube está totalmente à vontade, porque nesta altura a prioridade de todos é outro combate.”

Aos 37 anos, e em final de contrato, Douglas continua a ser um jogador com mercado. Clubes do Médio Oriente têm procurado saber em que condições podem contratar o jogador: “Um atleta que representa um clube com a dimensão do Vitória vai ser sempre cobiçado por outros emblemas. O Vitória está entre os grandes de Portugal e o Douglas tem jogador de forma assídua. Já me ligaram, houve contactos do Médio Oriente, mas isso não passa pela cabeça do Douglas. Ele quer continuar a jogar em Portugal e o primeiro clube com quem vamos falar é o Vitória. Só se não houver essa possibilidade é que vamos falar com outros clubes. O que é certo é que o Douglas vai continuar a jogar.”

Marcações: Vitória Sport Clube, Douglas, Demetrios Montanini

Imprimir Email