Rochinha: "Queremos que o campeonato volte porque temos objectivos a cumprir"



Rochinha esteve à conversa com os jornalistas, esta segunda-feira, para abordar o actual momento do plantel.
O extremo não escondeu estar com saudades dos colegas de equipa e mostrou-se esperançado que o campeonato possa regressar, porque só assim o Vitória terá a oportunidade de conquistaer os objectivos a que se propôs.

Ainda acredita no regresso do campeonato?: "Estar a fazer previsões a longo prazo é um bocado complicado. Temos vivido um dia de cada vez, é dificil estar a fazer antevisão disso. Nós, jogadores, nós, Vitória, queremos que o campeonato volte porque temos objectivos a cumprir e com o campeonato parado não os iremos cumprir."

Como tem lidado com esta paregem? Do que tem sentido mais falta?: Sentimos sempre falta dos companheiros. Temos de cumprir ao máximo o que nos dizem. Dizem para ficar em casa e tentamos fazer isso ao máximo porque não sabemos quando e onde podemos apanhar esta doença. Treinamos todos os dias, há sempre um espaço para nos vermos, mas não é o mesmo que estar em campo. Trabalhar em casa, no ginásio, não é o mesmo. Mas, é o que tem de ser. Quando o campeonato voltar temos de estar peparados ao máximo."

Quanto tempo os jogadores vão precisar para para retomar a forma?: "Se calhar uma semana, uma semana e meia já nos ajuda a voltar à forma. Treinar em casa e no campo são coisas completamente diferentes. Vamos perdendo dinâmicas da equipa. Não temos estado juntos e vamos perdendo essas dinânimas. Com umas semanas voltamos ao normal, porque já estávamos a trabalhar o processo há vários meses."

Para uma equipa como o Vitória, que trabalha desde final de Junho, a paragem pode ser positiva?: "Acho que não será por aí, porque vai ser uma paragem longa. Estamos há duas ou três semanas sem trabalho de campo, não vamos tirar proveito disto. Vamos partir todos do mesmo nível. Ninguém vai tirar partido disto. Se o campeonato voltar vamos todos ter de dar o máximo para voltar à forma em que estávamos."

Estava numa paragem mais prolongada. Falou com o treindor sobre os motivos que ditaram a saída da equipa?: "O desaparecimento de um jogador é porque há outro que está numa boa forma. Os jogadores ficam chateados por não estaram e ter espaço, mas temos de pensar que ao lado há companheiros da mesma posição que treinam todos os dias pelo seu espaço. Foi assim que o treinador optou. Só temos de compreender, continuar a trabalhar para merecer o lugar."

Sentiu alguma quebra física nessa altura?: Penso que não. O meu rendimento tem sido constante. Do outro lado estão colegas que trabalham todos os dias e também merecem estar lá dentro."

Acredita que terá mais oportunidades após esta paragem?: "Se isto voltar tudo ao normal, vou fazer por isso, trabalhar para ter esse espaço. Mas, do outro lado vão estar os meus colegas na competição pelo lugar. Isso só é benéfico para a equipa. Cabe ao mister decidir quem estará melhor preparado."

Esta época foi expulo duas vezes...: "Na brincadeira até digo que este ano já bati os meus recordes todos. Nunca tinha sido expulso num jogo, a primeira vez foi esta época, e por acaso já foram duas. São coisas que acontecem, estamos sujeitos a isso. Não foi nada intencional. Tento nem pensar nisso. Tenho de seguir em frente."

De quem tem mais saudades no plantel: "Sinto saudades de todos, porque somos um bom grupo. Espero que isto acabe rapidamente para em breve voltarmos a estar juntos."

em Desporto

Marcações: Vitória Sport Clube, Rochinha

Imprimir