João Henriques: "Demos 45 minutos de avanço ao Sp. Braga"



João Henriques esperava mais do Vitória na primeira parte do dérbi com o Sp. Braga. Na sala de imprensa, deixou ainda alguns recados a Carlos Carvalhal, mas não só.

A análise ao jogo com o Sp. Braga: "Demos 45 minutos de avanço ao Sp. Braga. O Vitória da segunda parte é o que idealizo. Só foi curto porque não finalizamos. O Sp. Braga foi mais pragmático e mais eficaz, com um remate na primeira parte fez um golo. A primeira parte deu Sp. Braga, a segunda deu Vitória. O Vitória precisa de ser mais eficaz e pragmático, como foi o Sp. Braga. Fizemos uma boa primeira parte no Bessa, uma boa segunda parte hoje. Boas partes não chegam. Temos de manter a agressividade que mostramos na segunda parte, porque o Sp. Braga não conseguiu fazer uma saída. O Sp. Braga teve depois duas oportunidades devido ao nosso risco. No futuro, o Vitória vai estar 90 minutos como na segunda parte. São 12 dias, ainda estamos a colar as coisas que queremos. Mas, já vemos comportamentos que estão a ser consolidados".

Ataque do Vitória só com dois golos?: "Sim, são poucos. O Vitória tem que rematar mais, rematar com mais perigo. Estamos a exigir que mais jogadores cheguem à área. Os jogadores que temos têm capacidade e qualidade para isso. É uma coisa que vamos melhorar. O que melhoramos da primeira para a segunda parte foi a mentalidade, ligar o chip para o que pretendíamos. Se fizéssemos na primeira parte o que fizemos na segunda, saímos daqui com a vitória. Disse na antevisão que queiramos vencer, não foi da boca para fora. O Vitória tem de ser esta equipa agressiva, com e sem bola, seja em que campo for. Vamos fazer mais golos, ter outra consistência. A equipa esta comprometida com as ideias que estão a ser pensadas e vai durar o jogo, não apenas metades".

Com público, a história teria sido diferente?: "Nos queremos trazer os adeptos para nós. Queremos trazê-los mais pelas nossas exibições. Se estivessem no estádio seriam uma ais valia para a equipa. Empolgados pelo público, podíamos ter feito mais. Faltou-nos essa chama na primeira parte, ficamos muito na expectativa, não foi isso que foi preparado não é isso que queremos. Encontramos um adversário com valor. Não me venham falar em cansaço, vamos ter coerência quando se diz uma coisa na véspera, falando do que acontece em Inglaterra. Não podemos justificar uma segunda parte em que o Sp. Braga não conseguiu sair para o ataque com o cansaço, quando antes se dizia outra coisa. Salta-me a mola quando ouço falar de uma coisa e depois outra, temos de ser coerentes.
Os adeptos do Vitória mereciam estar neste estádio, mas não somos carros de Fórmula 1, somos humanos. Tenho de dizer isto, porque custa-me ver o que se passa. Somos um desporto dos pobres.
Não somos carros de Fórmula 1, mas estamos bem oleados para ir a Barcelos porque queremos continuar a somar pontos com coerência no que dizemos e fazemos".


em Desporto

Marcações: Vitória Sport Clube, João Henriques

Imprimir