Executivo Municipal aprovou subsídio extraordinário aos clubes do Concelho



A vereação municipal aprovou, na reunião do Executivo que decorreu esta segunda-feira de manhã, a atribuição de um subsídio extraordinário a 32 clubes do Concelho, de cinco modalidades, no valor de 59.274 euros, que disputam provas distritais e que promovem modalidades amadoras. O apoio financeiro destina-se a suprir dificuldades decorrentes da pandemia que desde Março tem afectado esses clubes, sobretudo ao nível das receitas.

A verba reparte-se por 23 clubes com 25 equipas nos vários escalões nos campeonatos da Associação de Futebol de Braga (41.219 euros) e três nos nacionais de futebol feminino (1.560 euros), bem como seis clubes de futsal (7.571 euros), o Xico Andebol (3.384 euros), o CAR Taipense, de hóquei em patins (2.910 euros), e o GRUFC, de râguebi (2.630 euros).

Com este subsídio extraordinário, aprovado por unanimidade, “é intenção do Município suprir, de forma urgente e temporária, as necessidades das associações desportivas e recreativas do Concelho que estão impedidas de levar a cabo um conjunto de atividades e serviços que geram receitas e sem as quais não conseguem honrar os compromissos regulares relacionados, designadamente, com despesas de funcionamento e encargos com pessoal”.

A Câmara Municipal entende que “face à incerteza de que se reveste atualmente a realização dos campeonatos da formação, considera-se que devem de ser criados mecanismos financeiros para salvaguardar as dezenas de clubes desportivos que promovem atividades desportivas em Guimarães dirigidas aos escalões mais jovens”.

De acordo com a proposta aprovada esta manhã, o Executivo pretende apoiar os clubes comparticipando nos custos com as taxas organizativas definidas pelas várias competições, bem como, custear a realização dos testes Covid-19, de forma a salvaguardar os actuais quadros competitivos promovidos pelas diversas federações desportivas.

Marcações: Câmara Municipal de Guimarães

Imprimir Email