Executivo Municipal vai deliberar prorrogação de apoios a atletas vimaranenses



A vereação municipal vai votar, na reunião de quinta-feira, uma proposta que visa “manter os apoios atribuídos no ano anterior” a diversos atletas vimaranenses.
Na proposta que vai ser apresentada pelo Executivo, pode ler-se que devido ao surto de SARS-Cov-2, “há diversos campeonatos que não conseguiram concluir as suas competições desportivas, e muitos dos atletas não conseguiram realizar as provas necessárias para a obtenção dos resultados desejados”, sendo, por isso, “entendimento que os atletas não devem ser prejudicados por esta situação de pandemia”.

Desta forma, ao abrigo do Regulamento de atribuição de apoios às Associações Desportivas de Guimarães, Flávia Ribeiro (Associação Juvenil Karaté Portugal), Paulo Fontão (Núcleo de Atletismo das Taipas), Francisca e Matilde Jorge (Clube de Ténis de Guimarães) Nuno Costa e Marcelo Pereira (Vitória) com 500 euros mensais, enquanto o atleta paralímpico Manuel Freitas Mendes, do Vitória, vai receber 750 euros todos os meses.
Estes apoios têm a validade de um ano, a contar de 1 de Dezembro de 2020, sendo pagos através de uma dotação mensal correspondente ao valor atribuído, mediante compromisso escrito que tal verba será exclusivamente utilizada para a concretização dos planos de trabalho dos atletas em causa, obrigando-se o clube a prestar todo o apoio logístico, material e financeiro aos atletas, assim como a garantir a sua participação nas competições desportivas respetivas.

Além disso, a Câmara Municipal vai deliberar sobre a prorrogação de vários contratos-programa de desenvolvimento desportivo para o próximo ano e seguintes, uma vez que devido ao surto de SARS-Cov-2, alguns clubes desportivos não iniciaram as obras de beneficiação das instalações desportivas no corrente ano nem conseguiram realizar os eventos desportivos previstos.

Marcações: Câmara Municipal de Guimarães

Imprimir Email