Jesualdo Ferreira: "Boavista não espera um Vitória diferente daquilo que foi nos meses anteriores"



O treinador do Boavista, Jesualdo Ferreira, reconheceu que o jogo com o Vitória, desta sexta-feira, será "mais difícil".

“O adversário é forte e entendo que, tendo em conta aquilo que fez até agora no plano competitivo, continuará a ser cada vez melhor, mas nós também o seremos. Por isso, vai ser um jogo interessante. Temos respeito pelo Vitória e uma crença em nós próprios de que podemos ir lá discutir o resultado, como temos feito em todos os jogos”, apontou.

O Vitória acumula três empates e duas derrotas nas últimas cinco jornadas, perdendo pujança na corrida pelo acesso às provas europeias, embora o experiente treinador desvalorize o pior momento da época do próximo adversário das ‘panteras’. “O facto de não ter estado ao nível dos primeiros 15 jogos da I Liga não significa nada para nós. Não estamos à espera de um Viória diferente daquilo que foi nos meses anteriores, mas temos consciência de que essa força do Vitória vai mexer connosco e elevar o nosso foco. Quanto mais forte é o desafio, melhores temos de ser”, alertou.

Os dois clubes defrontam-se pela 130.ª ocasião nas provas nacionais e os portuenses procuram terminar uma longa ausência de triunfos em Guimarães, onde venceram pela última vez em abril de 2001 (2-1), a caminho de um inédito título de campeão nacional. “Lembro-me de muitos jogos entre estes dois clubes do norte do país e do que valia a presença do público nesses jogos, sempre com muito amor e uma profunda paixão. Infelizmente, não teremos isto, mas sim a mesma linha que conduz o Boavista neste momento face àquilo que tem sido o trajeto do Vitória”, concluiu Jesualdo Ferreira.

Marcações: Vitória Sport Clube, Boavista, Jesualdo Ferreira

Imprimir Email