Exportações de bens em Guimarães aumentaram 1,4% em Setembro



As exportações de bens em Guimarães aumentaram 1,4% em Setembro de 2019 em relação ao período homólogo no último ano, enquanto as importações desceram 12,5% no mesmo período, segundo dados preliminares do Instituto Nacional de Estatística (INE).
Após um período onde muitas empresas encerram para férias, Guimarães viu as exportações crescerem dos 100 para os 115,7 milhões de euros (15,2%) entre Agosto e Setembro de 2019. As vendas do Concelho para os estados da União Europeia (UE) aumentaram, em Setembro último, 49,1% face a Agosto, com um valor total a rondar os 32,38 milhões de euros.

As exportações para o resto do mundo desceram mais de 15,3%, dos 28 para os 23,72 milhões de euros, conseguindo ter um peso de 20,6% nas vendas totais.
Quanto às importações, Guimarães viu o registo do nono mês do ano subir para quase o dobro, dos 34,80 para os 66,27 milhões de euros (90,4%).
Segundo o INE, até Setembro do corrente ano, registamos mil e 54 milhões de euros em exportações de bens, enquanto o número de importações situou-se nos 567 milhões em igual período.

Assim, o saldo da balança comercial diminuiu em Setembro para 25%, uma descida de 16,3 milhões de euros.
Quando comparamos com os primeiros nove meses de 2018, o Município vimaranense diminuiu mais de 51 milhões de euros nas suas vendas em igual período de 2019, enquanto as importações caíram mais de 70,6 milhões de euros.

em Economia

Marcações: exportações, importações

Imprimir