Trabalhadores da Worten iniciam esta quinta-feira greve de quatro dias



Os trabalhadores da Worten iniciam esta quinta-feira uma greve de quatro dias.
Sónia Ribeiro do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio e Escritórios do Minho diz que a greve surge na sequência da falta de respostas da Administração às reivindicações apresentadas pelos representantes dos trabalhadores numa reunião realizada no passado dia 3 de Outubro em Guimarães.

Ainda de acordo com a sindicalista, são várias as reivindicações dos trabalhadores. Nomeadamente aumentos salariais e horário de trabalho. Neste particular, "estão em causa 15 minutos diários que os trabalhadores assumem sem remuneração ao final do dia para organização de trabalho e fecho de caixa". Ainda segundo Sónia Ribeiro, "o que se verifica é que não estamos perante uma situação esporádica mas que acaba por ser diária e que vai para além dos 15 minutos".

O Grupo Santiago contactou a Worten mas até ao momento não conseguimos obter a reação da Administração à greve decretada pelo Sindicato dos Trabalhadores do Comércio e Escritórios do Minho.


Marcações: greve, Worten

Imprimir Email