2.500 oportunidades de carreira em 80 empresas no Dia do Emprego da EEUM

Mais de 2.500 oportunidades de trabalho foram apresentadas esta quinta-feira, na Escola de Engenharia da Universidade do Minho (EEUM), no pólo de Azurém. As propostas são de mais de 80 empresas nacionais e internacionais, como a APTIV, Bosch, Continental, Deloitte, Leica, Primavera e ZF. Das propostas de trabalho listadas, 1.248 são de contrato de emprego, 592 de estágio profissional, 330 de estágios de Verão e 250 de dissertações em empresa. 

O Dia do Emprego decorreu no edifício 1 do campus de Azurém, contando com stands das empresas, entrevistas pessoais, sessões informativas, networking e uma mesa redonda.

Na mesa redonda sobre «Formar Futuro: Cidades» marcaram presença o Reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, do presidente da EEUM, Pedro Arezes, e de responsáveis dos municípios do Quadrilátero Urbano. 

Pedro Arezes realçou a internacionalização da Escola de Engenharia da UMinho.

No debate sobre «Formar Futuro: Cidades», Domingos Bragança, Autarca de Guimarães, mostrou-se orgulhoso por a EEUM estar sediada em Guimarães, considerando-a um dos "maiores activos da cidade". O Edil vimaranense afirmou que os principais desafios para os municípios do quadrilátero para a fixação de pessoas no território passa pela "sustentabilidade ambiental", "habitação" e "mobilidade". 

O Reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro sublinhou a importância no recrutamento para Universidade como um factor primordial na fixação de pessoas na região.

O presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, mostrou-se preocupado em reter os recursos humanos gerados na região em detrimento das ofertas estrangeiras e o problema da natalidade que afecta o país. 

Por último, em representação do Município de Braga, o vereador Miguel Bandeira frisou a força do Quadrilátero Urbano, composto por Guimarães, Braga, Famalicão e Barcelos, quando se juntam a "uma só voz", fazendo chegar as suas pretensões ao Governo Central e às instâncias europeias. 

O público-alvo do Dia do Emprego é a comunidade académica, os jovens desempregados, os recém-diplomados, os empreendedores e os estudantes do Ensino Secundário.

em Educação

Marcações: Escola de Engenharia da Universidade do Minho, Dia do Emprego da EEUM

Imprimir