Engenheiras da UMinho criam rede para partilhar experiências e consciencializar a sociedade

A Escola de Engenharia da Universidade do Minho (EEUM) apresenta esta quarta-feira a rede HERTECH, que visa partilhar experiências e conhecimento entre actuais, antigas e futuras estudantes da área. O projecto procura minimizar as desigualdades de género existentes na maioria dos cursos de engenharia, esclarecer as estudantes do secundário sobre as áreas de engenharia e tecnologia e, ainda, sensibilizar a comunidade para o tema.

A HERTECH vai ser apresentada às 18h00, em directo no seu facebook, por Carolina Pereira, aluna de Engenharia Têxtil da UMinho e uma das fundadoras da iniciativa. Segue-se o painel «Teletrabalho dos géneros», com Romana Ibrahim (embaixadora da Women in Tech em Angola e criadora da app Keep Warranty), Victor Barros (professor das universidades do Minho, São Paulo e Federal do Espírito Santo, Brasil) e Sónia Machado (estudante de Engenharia de Polímeros e vice-presidente do polo UMinho da rede mundial IEEE Student Branch). A moderação cabe a Filomena Soares, professora do Departamento de Electrónica Industrial da UMinho e cofundadora da HERTECH.
Os internautas poderão colocar questões e o encerramento é pelas 20h00.

A HERTECH – Rede de Network Feminino da EEUM está sediada no campus de Azurém, em Guimarães, e pretende promover dinâmicas com escolas secundárias, palestras com casos de sucesso, formações, listas de contactos e de ofertas de emprego, um programa de mentorias/tutorias e acções de voluntariado


Marcações: UMinho, HERTECH

Imprimir Email