Começou a requalificação da Escola EB1 das Teixugueiras, em Silvares


O Complexo Escolar da EB1 de Teixugueiras, em Silvares, está a ser alvo de uma obra de requalificação.
A obra que teve início na segunda-feira, vai permitir que a Escola das Teixugueiras fique acessível a pessoas com mobilidade reduzida e, paralelamente, transformar o recreio num espaço mais seguro para as crianças.

Está planeado que ambos os núcleos da escola fiquem acessíveis, excepto o 2º piso. Um dos núcleos terá acesso também para a cantina e a parte posterior do recreio, através de rampas. Uma das instalações sanitárias existentes na escola será adaptada.

As rampas contemplam uma inclinação de 6%, no caso da rampa que dá acesso ao recreio ter apenas 0.90 cm de largura, sendo colocado um corrimão de ambos os lados. As instalações sanitárias terão as medidas necessárias para adaptar a cadeiras de rodas, bem como a altura e profundidades dos equipamentos.

No recreio a questão das águas pluviais era o assunto mais importante, pois actualmente a drenagem está a funcionar ao ar-livre e desprotegida e será readaptado o sistema ao colocá-lo debaixo do solo. Para dinamizar este espaço optou-se por colocar alguns bancos e um campo de futebol. Como a localização deste campo se situa perto de uma fachada envidraçada desenhou-se uma solução que passa por um jogo de tubulares metálicos de várias espessuras e alturas, criando um ritmo e um jogo de aberturas e protege ao mesmo tempo a fachada das bolas. Na empreitada está ainda previsto a substituição da cobertura e pintura exterior da escola.

O projecto de requalificação foi adjudicado por cerca de 98 mil euros e um prazo de execução de 90 dias.

Marcações: Silvares, EB1 Teixugueira

Imprimir Email