Lançada primeira pedra do futuro Centro de Dia da Casa do Povo de Briteiros

O Presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, presidiu este sábado à cerimónia de lançamento da primeira pedra do edifício do futuro Centro de Dia, da Casa do Povo de Briteiros. A iniciativa serviu para assinalar os 75 anos daquela Instituição, numa sessão que contou com as presenças do Diretor da Segurança Social do Centro Distrital de Braga, João Ferreira, do Arcebispo Primaz, D. Jorge Ortiga e vários autarcas de freguesias do concelho.

“A Casa do Povo de Briteiros tem feito um trabalho social e comunitário excecional. Nesta celebração dos seus 75 anos lança uma nova valência com a dimensão de um Centro de Dia no sentido de dar resposta às necessidades do presente”, salientou Domingos Bragança, citado em comunicado do Município, assinalando que “o bem-estar deve resultar em condições para as pessoas sentirem-se bem e felizes no seu dia-a-dia”.

O Presidente da Câmara de Guimarães apontou que os trabalhos comunitários desenvolvidos pelas instituições nos Centros de Dia “ajudam a combater o isolamento na população da terceira idade e permite que estejam presentes em várias atividades”. Domingos Bragança destacou o “apoio da Câmara no âmbito da rede de instituições de solidariedade social” realçando a transformação positiva pela importância que o Município de Guimarães atribui às causas e instituições de solidariedade social e com respostas de grande valia.

A Casa do Povo de Briteiros dispõe de valências como a creche, ATL, prolongamento de horário, apoio domiciliário, cantina social, centro de convívio, serviços no posto dos CTT e Espaço do Cidadão. O raio de ação, a partir de Briteiros S. Salvador, chega a várias freguesias envolventes como Briteiros Stª Leocádia, Briteiros Santo Estevão e Donim, Barco, Longos, Caldelas, Souto Santa Maria, Gondomar e Souto S. Salvador.

O Presidente da Casa do Povo de Briteiros, Vasco Marques, apontou que o principal objectivo é a construção do Centro de Dia, considerando uma “obra necessária” e “sentida pela comunidade” tendo em linha de conta a criação de melhores condições para os utentes que já integram o projeto do Centro de Convívio e a constante procura que motiva o aumento da sua capacidade para uma resposta mais eficaz. A obra do Centro de Dia arranca na próxima semana e tem o prazo de execução de um ano.


Marcações: Domingos Bragança, Câmara Municipal de Guimarães, Casa do Povo de Briteiros, Centro de dia, primeira pedra, Arcebispo Primaz de Braga, Vasco Marques

Imprimir Email