Câmara emite auto de contra-ordenação à TMN

Os serviços de fiscalização da Câmara Municipal de Guimarães emitiram um auto de contra-ordenação à empresa responsável pela instalação da antena de telecomunicações móveis, no centro da vila de Ronfe. Na base desta decisão está a falta do respectivo licenciamento urbanístico pela autarquia. Agora, face à legislação em vigor a empresa
TMN terá que solicitar a autorização.
Lembramos que, a Junta de Freguesia foi surpreendida pela instalação da referida antena. Daniel Rodrigues mostra-se indignado com o local
escolhido na vila, junto a um estabelecimento de ensino.

em Judicial

Marcações: Judicial

Imprimir