Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão inicia mega-julgamento

No Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão começa hoje o mega- julgamento de 39 arguidos suspeitos da prática do crime de tráfico de droga e que foram detidos na operação «Tempestade no Ave», realizada depois de uma investigação da Polícia Judiciária que durou de 1999 a Maio de 2001. A acusação concluiu que os arguidos alegadamente eram os fornecedores e vendedores de estupefacientes em Famalicão e Guimarães. A polícia observou transacções de droga para consumidores e revendedores, assim como o pagamento de comissões e devolução do dinheiro obtido com a comercialização, em troca de uma ou outra dose diária.
Os agentes policiais efectuaram vigilância na Churrasqueira Polé e no Café Dux, em Ronfe, e na Discoteca «Complexus», em Pedome. Mas a
actividade dos «retalhistas» chegou, também junto das igrejas da zona (desde Delães, Mogege e Joane a Ronfe e Gondar) e locais como o Centro Habitacional do Quinteiro e a Ponte de Serves. Heroína, haxixe e também cocaína eram os produtos vendidos.
O mega-julgamento começa esta manhã, às nove e meia, depois de ter sido adiado no passado dia 3 por falta de condições de espaço.

em Judicial

Marcações: Judicial

Imprimir