Trabalhadores Judiciais de Guimarães aderem à greve nacional

O Sindicato dos Trabalhadores Judiciais decretou para esta quarta-feira uma greve nacional.

As reivindicações, que já são antigas, passam pelo estatuto profissional e pela tabela remuneratória, matérias relacionadas com o ingresso na carreira, promoções e regime de aposentação.

No Tribunal de Trabalho e na Central, no Mumadona, a adesão à greve ronda os 80%, e no Tribunal da relação os 13%. Já no Tribunal, em Creixomil, a adesão à greve ronda os 95 por cento.

Recorde-se que no dia 21, no âmbito da mesma luta, é dia de greve para os funcionários judiciais da comarca de Braga que abrange os tribunais de Guimarães.

em Judicial

Marcações: Judicial, greve

Imprimir